WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Ato I - Narrativa de Olívia: Du Hast

    Compartilhe
    avatar
    King Jogador

    Mensagens : 436
    Data de inscrição : 07/12/2015

    Re: Ato I - Narrativa de Olívia: Du Hast

    Mensagem por King Jogador em 9/10/2016, 22:37

    Como já fora um pouco de costume daquela estranha noite, respiro profundamente. De fato me fazia sentir melhor dessa vez. A pressão em meu sangue diminuía e eu podia raciocinar melhor. Agora não estava cometendo mais nenhum crime contra meu laço. Podia agir em paz naquele recinto, apenas apreciando o ambiente. Ainda não acredito em atos samaritanos, mas não podia evitar de abaixar minha guarda agora. Já havia feito a parte mais difícil, agora, pelo menos pelos próximos minutos, eu estaria a salvo.

    - Obrigada pela sua maravilhosa percepção, caro Hans. Nós duas realmente precisávamos destes minutos para podermos respirar um pouco. Esta foi a pior noite de minha não vida dês de muito tempo atrás. Estávamos deveras mais acostumadas com interesses diretos como o da Xerife, presenciar um ato como o seu realmente me prova que estamos finalmente no primeiro mundo. Agora, permita-me observar um pouco as roupas.

    "Eu posso ser eu mesma agora. E abstrair minha cabeça um pouco. Cada um daqueles vestidos são tão belos. Acho que o melhor seria misturar um pouco o novo com o antigo. Algo no estilo Vitoriano, para revelar a descendência de meu sangue, com um design atual, para refletir meu país de origem, cairia bem. Vou ficar com este vestido branco com azul claro. Me lembra Aquamarina. O que vai ser interessante a Jessica usar como joias e adereços. E como gostei desse vestido verde para ela, vou colocar um bracelete e um colar de esmeralda em mim. Uma sapatilha clara deve bastar também."

    - Jessica. Pegue esse vestido aqui, verde fica bom contigo. Entre sapatilhas, escolha uma clara com tom branco para rosa. Uma daquelas três ali seria bom. Melhor a do meio que o calçado é um pouco mais alto. Hummm... Pegue aqueles bracelete e colar com Aquamarina, para combinar com meu vestido.

    Não dava muito espaço para a Jessica escolher a roupa enquanto apontava coisas para ela. Afinal deveria combinar um pouco uma com a outra. Já pego as peças que atraíram meu olhar e me aproximo de um espelho. Sorrio quando vejo meus cabelos negros e viro rapidamente para o maestro. O sorriso não desaparece do meu rosto quando finalmente o questiono.

    - Ficaria grata com sua opinião, caro Hans. Meu cabelo fica bom em preto?

    Vestidos:
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Ato I - Narrativa de Olívia: Du Hast

    Mensagem por Danto em 10/10/2016, 14:43

    -Não se preocupe querida, sinta-se a vontade para escolher a roupa que desejar e tenha sempre a certeza de que você está sim inserida em uma sociedade de primeiro mundo, eu nem sequer consigo imaginar as selvagerias que acontecem nas Américas...

    Comentava Hans de maneira tranquila, sentando-se em uma das cadeiras e cruzando as penas, demonstrando uma postura perfeita. Olhar para o mesmo era quase como olhar diretamente para uma obra de arte viva.

    Jessica não demonstrava nenhuma resistência, ela estava animadíssima com todas as possibilidades e você sabia muito bem que a moda sempre fora algo que ela adorava profundamente, sozinha ela levaria horas para se arrumar por simplesmente querer provar todas as possibilidades ali oferecidas. E quando finalmente você escolhia as roupas, Hans aplaudia em uma demonstração sincera de aprovação.

    -Excelentes escolhas! Excelentes! Agora, aproxime-se deixe-me ver seus cabelos com mais calma e dedicação... Uhm... Olivia minha cara teu sorriso é de longe tua maior beleza, seus cabelos negros fazem um contraste interessantíssimo com tua pele e olhos, talvez corta-los um pouco irá fortalecer teus ombros e você ficaria ainda mais linda! E você Jessica, já considerou o loiro?!

    Jessica finalmente falava novamente, ela estava bem mais a vontade agora, sorrindo um pouco ela respondia o maestro:

    -Não considerei pintar meus cabelos, mas talvez seja algo interessante sim. Princialmente agora com tua recomendação... Obrigada Senhor Hans, muito obrigada...

    Off: Ultima ação para o final do Ato.
    avatar
    King Jogador

    Mensagens : 436
    Data de inscrição : 07/12/2015

    Re: Ato I - Narrativa de Olívia: Du Hast

    Mensagem por King Jogador em 12/10/2016, 17:06

    Fico, ou acredito que fico, corada com o elogio. Nunca ouvi nada tão sincero a tanto tempo. Nunca fui elogiada sem segundas intenção. Isso era tão belo, tão gentil. Desenho mais uma vez um sorriso enquanto acaricio um pouco meu cabelo. "Vai ser trabalhoso, mas toda noite irei cortá-lo e pintá-lo. E este homem é tão educado. Queria conhecê-lo melhor." Apenas me ver com aquele novo visual me deixava tão alegre. Um pouco de liberdade para poder ser eu mesma. Agora eu ia me direcionar para o provador e assim ficar pronta para me encontrar com o Príncipe. Mas antes não pude evitar de corrigir a frase de Jessica.

    - Jessica, por favor, chame nosso anfitrião de Hans. Foi o único pedido que ele nos fez, devemos respeitar tal adorável pessoa, a qual sempre serei grata. Posso não ficar muito mais tempo nessa cidade, mas saiba de uma coisa Hans, sempre que eu me lembrar de Berlim, me lembrarei do empático e educado maestro que nos deu uma recepção tão agradável.

      Data/hora atual: 23/8/2017, 09:02