WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Ato VI - Narrativa de Simon: Brave New World

    Compartilhe
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3231
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato VI - Narrativa de Simon: Brave New World

    Mensagem por Danto em 22/10/2016, 16:19

    Beatrice encosta a cabeça no seu peito, encaixado ela bem abaixo do seu queixo e envolvendo seu corpo com os braços, ela diminuía drasticamente os espaços entre vocês dois. O curioso era o comportamento da sua besta que não se mostrava mais agressiva a ela, mas sim, completamente receptiva. Ela havia encontrado uma besta semelhante, pela primeira vez em tantos anos...

    -Você foi o primeiro homem que me tocou em séculos, eu pensei que minha reação seria violenta ou arisca, como sempre foi. Mas... Mas... Eu perdi o controle e me vi... Eu te beijei, não queria obriga-lo a passar por algo assim, não vou pedir desculpas, mas não acho que vou conseguir me segurar muito perto de ti Simon, você me vê. Não sou do tipo sentimental, sempre considerei isso fraqueza, quem diria não é mesmo?! Queria conseguir olhar na sua face, mas a vergonha me impede... Que tal passarmos um tempinho aqui até eu me recompor? Depois voltamos ao Barão.

    Ela falava contra o seu peito, isso fazia a voz dela soar abafada e ressoar mais grave contra o seu corpo.
    [Off: Ultima ação para o final do Ato]
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1842
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Ato VI - Narrativa de Simon: Brave New World

    Mensagem por Jess em 23/10/2016, 11:19

    O abraço, se ainda houvesse ar nos pulmões de Simon este teria fugido de seus órgãos, a aproximação o fez se paralisar, inquieto consigo mesmo o cainita terminou de cobrir Beátrice, a besta abria espaço para que a cainita fosse recebida, chegando a se aproximar com cuidado desta.

    “ Ela... O que poderíamos fazer?! Duas almas feridas... Porque não cuidaríamos um do outro?!”

    Sentindo a besta ronronar com calma Simon entrelaçou com cuidado os braços pelas costas de Beátrice, o apoio de seu queixo fez com que o cainta deitasse sua face entre os cabelos desta, tentando puxar o ar para que o cheiro destes fossem apreciados não só pela besta mas como por si mesmo.

    De olhos fechados Simon tocou de leve com as pontas dos dedos os cabelos de Beátrice, chegando a brincar com uma mecha desta.

    - Eu a enxergo porque entendo sua dor... Tive meus horrores... Todo os temos... Não se desculpe pelo o que aconteceu... Eu apenas fiquei surpreso... Surpreso de uma maneira boa... Não sei como será as coisas entre nós... Mas por favor tome seu tempo... Não posso exigir nada de você... Entramos quando você estiver melhor... Até lá só me deixe apreciar isso... Tenha certeza que até eu não tenho coragem de olhar em seus olhos agora...

    O som abafado da voz de Beatrice chegava até o ouvido de Simon como música, a cainita parecia conversar com o coração do austríaco, uma alusão que o deixou feliz apesar de não saber como demonstra-lo.

      Data/hora atual: 15/12/2017, 19:28