WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Compartilhe
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2959
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Danto em 24/11/2016, 23:10

    Theresa sorria bastante a cada instante que você a tocava, não era um sorriso malicioso ou mal intencionado, todavia, era claramente um sorriso doce e feliz. Ela havia se identificado profundamente contigo em vários aspectos diferente que talvez nenhuma de vocês ainda havia compreendido totalmente, era uma sincronia natural que agradava a sua besta e deixava a jovem feliz. Sentando-se na mesa ao seu lado ela inciava a frase de maneira acanhada.

    -Pietra, acredito que Lorenz esteve sempre certo sabe?! Eu tinha muito medo mesmo de conhece-la, quando Lorenz me provou sobre a existência de algo além da humanidade, eu fiquei apavorada. Mas ele me disse: Não tenha medo algum de Pietra, ela não é como os outros, ela é como nós. Um dia ela terá total certeza disso e minha principal função era auxilia-la a se aproximar de nós, essa será a responsabilidade que você herdará...

    Levantando mais a postura e olhando com mais confiança agora, Theresa retomava a fala.

    -Temos muito aprender uma com a outra, eu sei pode parecer engraçado. Como uma jovem de vinte a poucos anos poderia ajudar uma anciã? Eu não tenho vergonha alguma em olhar diretamente para você e vê-la como uma criatura viva, fantástica e inspiradora! Irei ajuda-lá a se manter sempre de acordo com os novos conceitos humanos de viver em contrapartida, aprenderei contigo a ser forte. Forte como você sempre foi...
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1678
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Jess em 25/11/2016, 00:33

    A besta ria encorajando a cainita a faze-lo também, era claro que o laço entre Theresa e Pietra já havia se formado, a besta tinha a mais total certeza e não escondia isso da italiana.

    As primeiras palavras de Theresa fizeram com que a cainita a olhasse com cuidado, podia entender o medo sobre a natureza desconhecida, assim como reconhecia claramente a influencia de Lorenz na jovem ao seu lado.

    “ Sempre me perguntei se alguma fez Lorenz não estava certo?! Sempre impecável. Agora eternamente!”

    Vendo a postura mais confiante de Theresa a cainita voltou a sorrir, entendia plenamente o que a jovem de olhos amendoados lhe oferecia, conhecia a importância disso e a prezava acima de tudo.

    - Existem monstros terríveis entre nós Thesa... Não se iluda quanto a isso, sei que iras presenciar coisas que estão além da compreensão... Mas peço calma e paciência, estarás segura em todos os momentos. Isso eu posso lhe garantir! Muitos desses monstros estão perdidos, outros feridos, é meu dever ajuda-los a se reencontrar, sanar ferida e lhes dar um local seguro.

    Levantando-se para tocar de leve na face desta a cainita sorriu com delicadeza.

    - Tu tens uma força unica, pode não parecer agora mas tens... Apenas precisa reencontra-la. Eu agradeço tudo que fizeres por mim, tentarei fazer o mesmo por ti mia bambina...

    Fechando os olhos por alguns segundos a cainita suspirou ao abri-los com calma.

    - Logo Evangeline irá despertar, então eu tenho alguns pedidos para lhe fazer. Espero não estar abusando de você em sua primeira noite a meu lado mia amata. Mas não seria certo Lorenz preparar o próprio abraço!
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2959
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Danto em 27/11/2016, 22:59

    Sorrindo de maneira espontânea, Theresa iniciou a resposta apenas quando seus olhos se abriram novamente e a sua última frase foi pronunciada. Cada intervalo da frase da jovem era marcado pelo sorrir quase incontrolável de alguém que estava claramente ansiosa para executar a sua primeira tarefa.

    -Pietra, existem monstros em todos os lugares. Eu já consigo entender que um cainita é um humano amplificado de maneiras surreais, existirão os corações lindos como o teu, como existirão os escuros e tenebrosos. Eu sei que irei me assustar com muita coisa, não sou tão confiante assim de me julgar totalmente preparada para todas as situações... Mas eu acredito em suas palavras, em todas elas! Agora, por favor, me diga o que eu irei precisar fazer! Estou empolgadíssima com isso, eu irei preparar as coisas para o abraço de Lorenz! Será uma forma muito especial de retribuir tudo que ele fez por mim!

    Afirmou Theresa que prontamente se colocava de pé e inquieta esperava pelas suas próximas palavras, como uma criança que estava apenas esperando a autorização de sua mãe para poder sair para brincar com seu brinquedo novo.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1678
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Jess em 27/11/2016, 23:55

    Um riso cristalino escapou dos lábios de Pietra com os gestos de Theresa, andando até uma das bancadas a cainita puxou uma folha de papel desenhando um mapa.

    “ Será melhor mante-la dentro dos corredores, isso vai mante-la segura até sua apresentação como minha serva... “

    Fazendo um gesto convidativo para Theresa a cainita voltou a desenhar enquanto fazia pequenas marcações no mapa.

    - Primeiramente sua maior tarefa é impedir Lorenz de preparar ele mesmo o ambiente, se já o conheces bem sabes que ele tentará! Não se preocupe lhe darei a ajuda de Luahnna, a filha da lua que o manteve seguro para esta tarefa...

    Sorrindo de leve Pietra beijou a cabeça de Theresa para então continuar e pontilhar o caminho que a mesma deveria fazer pelo mapa.

    - Terás que pedir para que Albert arranjar sorvos, ele sabe como faze-lo e se encarregará disso, depois quero que separes minhas tintas, preparei uma leva nova e quero as de tom branco e amarelo, deixe as outras onde estão... Precisaremos de água quente e a bacia grande de cobre. Novamente peça ajuda de Albert, a bacia é pesada. Temos uma estufa com rosas, pegue as brancas as usarei como enfeite para a cena. Mas deixo por sua conta a criatividade... No mais acredito que os lençóis de seda branca e um kit médico... Podes faze-lo até duas horas antes do amanhecer mia Thesa?!

    Perguntava a cainita ao entregar o pequeno mas complexo mapa feito pela mesma, as claras indicações e caminhos escolhidos deixavam claro o que Pietra queria.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2959
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Danto em 30/11/2016, 15:27

    Thesa olhava atentamente a cada pequeno detalhe que você desenhava no mapa, sorrindo quando recebia o beijo mas ainda se mantendo profundamente atenciosa aos mínimos detalhes, aos caminhos e principalmente a sua fala. Foi apenas no final de tudo que sua percepção foi capaz de perceber que uma das mãos da Thesa estava no bolso da calça, com o celular parcialmente retirado ela parecia ter gravado toda a sua frase. Olhando na direção dos seus olhos, a jovem balançava a cabeça positivamente.

    -Pietra, considere tudo feito! Posso levar o mapa né!? Já estou com algumas ideias na cabeça de como decorar o local, deixarei Lorenz orgulhoso e confortável em passar as responsabilidades para mim!

    Confiante ela esticava a mão livre na direção do mapa, aguardando apenas as suas palavras finais para sair o mais rápido possível e dar início as preparações para a noite mais importante na vida de Lorenz, seu primeiro filho.

    [Off: Ultima ação para o final do ato]
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1678
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Ato IV - Narrativa de Pietra: True Colors

    Mensagem por Jess em 30/11/2016, 22:26

    Os olhos de Pietra sorriram assim como a cainita ao ver que Theresa parecia ter gravado seus comandos, concordando com um leve aceno a cainita entregou o mapa para a jovem a sua frente.

    - Este mapa é todo seu! Se por acaso uma pequena holandesa lhe abordar não se preocupe, é a pequena Luahnna. Tenho certeza de que vais ama-la. No mais tome cuidado, se por acaso cruzares com mais alguém diga que estás sobre as ordens da Aranha... Não acredito que chegarás a precisar, mas um pouco de cuidado nunca é demais.

    Beijando a testa de Theresa a cainita a guiou até o corredor principal para então sorrir com delicadeza.

    - Tenho certeza de que deixaras Lorenz orgulhoso. Agora preciso ir Thesa mia amata. Ainda tenho coisas que ficaram mal resolvidas da noite anterior e preciso encerra-las.

    Apertando de leve as mãos desta a cainita a soltou esperando que a mesma tomasse seu rumo para então ir ter com a ainda adormecida Evangeline.

    " Uma conversa ao despertar... Faz muito tempo que não faço isso com Eva!"

      Data/hora atual: 22/10/2017, 20:53