WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Compartilhe
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 22/4/2017, 01:39

    Valentina pegou o celular e tocou a sua mão com a ponta dos dedos, os olhos dela procuraram os seus em um verdadeiro e intenso pedido de ajuda. Essa expressão durou uma fração de segundos, pois logo ela balançava a cabeça positivamente e pegava com firmeza o celular, para enfim começar a digitar algo. Ao fundo vocês ouviam claramente a conversa de Mariano com o vassalo dele, terminando os últimos detalhes sobre as ordens de se aproximar de Tiburzio nas próximas noites.

    Mensagem de Valentina:
    Minha Senhora me disse quando eu ainda era uma criança da noite que essa noite chegaria, ela chamou de "O começo da vingança". Não sei exatamente o que ela fez, mas ela tem o desafeto de todos os líderes da família... Eu notei que Tiburzio estava agindo sob efeitos de dominação durante as últimas noites e temi por minha segurança. Ela havia me dito que a vingança deles começaria por mim, o elo mais fraco e que quando começasse eu precisaria de aliados... Eu nunca levei isso a sério e estou completamente sozinha...

    Instante depois você recebe no seu celular uma outra mensagem:

    Mensagem de Cleo:
    Icaro! Estamos indo, o Eli se atrasou! Mas já tá tudo bem, estamos no carro. Precisamos levar algo específico?
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 22/4/2017, 14:19

    O toque de Valentina fez com que Icaro a encarasse curioso, mas nenhum movimento de se afastar foi feito, o pedido claro de ajuda em seus olhos era algo que o cainita percebeu sem nenhum problema, mas era o significado daquilo que Icaro temia.

    “ O que isso realmente significa?! O que ela sabe que e o mais importante o que ela fez?!”

    A voz de Mariano no corredor indicava que o mesmo ainda estava na ligação, mas foi a mensagem de Valentina ao seu lado que fez o cainita ficar tenso.

    “ Então é isso, ela está com medo. Essa é confirmação que Olympia esta envolvida, nos resta descobrir onde Lisandro está envolvido nisso.”

    Pegando o próprio celular para responder, Icaro riu ao ver a mensagem de Cleo e sua desculpa esfarrapada.

    “ Ela não muda mesmo. Espero que tenha café para o Eliseo.”

    Mensagem para Valentina :
    Valentina, me escute bem. Mariano a trouxe aqui para que nenhuma suspeita recaia sobre você. Talvez os mais velhos possam pensar assim enquanto a cabeça deles estiver quente, mas a razão vai falar mais alto. Mariano e eu nos importamos com você, vamos ajuda-la está bem. Apenas se acalme.

    Enviando a mensagem para a jovem ao seu lado, Icaro deu um pequeno aperto no ombro de sua prima.

    Mensagem para Cleo:
    Vocês dois chegando eu já ficaria bem feliz Cleo. Não eu tenho o material necessário aqui, apenas cheguem o mais rápido possível.

    Respondia o cainita antes de se levantar com cuidado, indo verificar se havia pó de café e arrumar a cafeteira para preparar o café que Eliseo precisaria.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 22/4/2017, 16:38

    Valentina se encolhia um pouco quando você a tocava no ombro, não era uma reação contra o seu toque mas sim de uma pessoa que estava realmente assustada com a situação. Assim ela lia a sua mensagem e se esforçava para exibir um pequeno sorriso na face, logo em seguida Mariano retornava já quando você estava a preparar o café.

    -Tenho que ir encontrar meu vassalo, conversar pessoalmente sobre a tarefa é realmente bem mais confiável. Eu retorno em alguns minutos tá bem?

    Maffeo também retornava a sala, notando que você estava fazendo o café o seu vassalo silenciosamente se movimentava para a frente da geladeira e movia algumas latas de enérgico do fundo da geladeira para a porta.

    Mariano não chegou a esperar muito, prontamente ele já caminhava para a saída do seu refúgio, abrindo a porta para sair ele dizia:

    -Tem duas pessoas chegando Ícaro, mantenho a porta aberta?!

    O seu celular então vibrava, era uma resposta de Valentina:

    Mensagem:
    Desculpe pela falta de compostura Ícaro, você é um homem tão justo e honesto. Não sou acostumada a lidar com homens assim, obrigada por se importar comigo... Tentarei manter a minha calma, prometo. Mas espero que possamos conversar na ausência de Mariano, se isso não for pedir muito é claro.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 22/4/2017, 21:47

    Ver Valentina encolher diante de seu toque deixou Icaro preocupado, a jovem claramente estava com medo o que deixava a situação mais complicada, sorrindo de volta quando Valentina se esforçava para o mesmo.

    Concordando com Mariano quando este retornou a sala, Icaro encheu a primeira caneca de café no momento em que Maffeo retornou, cheirando o liquido negro o cainita retirou o pote de açúcar da prateleira deixando-o em cima do balcão, ao lado da caneca.

    A ultima frase de Mariano veio acompanhada da mensagem de Valentina, lendo-a com rapidez o cainita respondeu ao primo sem cerimonias.

    - Deixe aberta, eles vão trabalhar conosco.

    “ Ela está com medo, isso é ruim. Não quero que ela cometa erros e se prejudique, nos prejudique. ”

    Voltando-se para Maffeo o cainita estendeu a caneca de café comentando.

    - Feche a porta quando Cleo e Eliseo entrarem. Não quero ser incomodado pelo resto da noite, deixe apenas Mariano entrar depois disso, mas me avise. Preciso que pegue as imagens de Lisandro, quero todos os movimentos dele nos últimos dias, isso inclui e-mails e telefones. Por favor Maffeo não deixe passar nada, as coisas estão mais estranhas do que eu acreditava.

    Esperando pela resposta de Maffeo, Icaro então se virou para Valentina fazendo um convite para guia-la até sua biblioteca.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 24/4/2017, 17:04

    Mariano finalmente saía e a sua falava com Maffeo poderia ser tida abertamente sem maiores problemáticas ou interrupções. Seu amigo e vassalo prontamente concordou com um sinal de positivo com o dedão esquerdo. Ele então prontamente se colocou a frente da porta para recepcionar os dois mortais que o ajudariam nessa complicadíssima situação.

    Você e Valentina então caminharam em direção à sua biblioteca e ao fundo você conseguia ouvir a típica voz de Cleo, era difícil entender o que era exatamente a fala dela mas envolvia energéticos.

    Biblioteca:

    Valentina adentrava a biblioteca olhando os arredores, para escolher um local confortável para se sentar. Cruzando as pernas e mantendo a postura ereta, a jovem soltava os cabelos revelando que o mesmo alcançava seus ombros. Era a primeira vez que você via ela sem o já tradicional círculo que ela usava para prendê-los. Olhando para você com os olhos escuros, ela pressionava os lábios que estava claramente tingidos por um tom mais roseado para disfarçar a palidez típica dos cainitas, ela começou a falar:

    -Acho que é redundante afirmar de novo o quão vergonhosa pode ser essa situação para mim, certo?! Mas acho que eu tenho que ser totalmente aberta contigo, Ícaro. Eu tenho trabalhado nas últimas noites em um serviço claramente punitivo, afinal, estou atuando como arquivista de papéis e livros de finanças do século dezenove. Isso já me fez ficar bastante atenta, Olymp... Digo, minha Senhora me avisou que cedo ou tarde eles iriam atrás dela. E eu acabaria por sofrer com isso, nossa relação infelizmente não foi positiva e eu não tive para onde ir, jurei lealdade a família na esperança deles não me envolverem nessa rivalidade. Todavia, vejo que eu não vou escapar...
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 24/4/2017, 23:59

    Com a saída de Mariano, Icaro sentiu a tensão diminuir um pouco sobre seus ombros, as palavras voltadas para Maffeo trouxeram um sorriso calmo para o rosto do cainita diante da resposta do rapaz.

    “ Essa noite só parece que se complica mais... Espero que eu consiga fazer algo produtivo ao menos.”

    Guiando Valentina para sua biblioteca o cainita esperou que sua prima se acomodar para só então ir se sentar, puxando a perna manca para cima da mesa de centro Icaro se apoiou no braço do sofá esperando pelas palavras de Valentina.

    Ver a jovem de cabelos soltos expressar suas preocupações fez com que Icaro concordasse com um leve movimente de cabeça, apertando o joelho de sua perna o cainita ponderou por algum tempo, antes de olhar para sua prima.

    - Sua situação não é nada agradável, sei disso e me impressiono como tens reagido a tudo isso. Ouça, foi Mariano que a chamou até aqui, ele pensou no seu nome em uma forma de protege-la. Se pudermos comprovar que sua senhora está envolvida e como reverter isso, será você a expor aos mais velhos. Talvez não seja muito, mas é o mais certo a se fazer. Estou trabalhando para blindar os mais novos, nos tirar da linha de tiro.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 26/4/2017, 15:11

    -Obrigada.

    Responde Valentina com sinceridade e um olhar fixo em você, mas logo que terminava de falar ela desviava os olhos, olhando o ambiente e descruzando as pernas, para cruzar ela em um sentido oposto ao que havia sido feito primeiramente.

    -Meu passado com Mariano é difícil, fomos namorados na juventude e como esperado de um homem bonito e novo, ele encontrou outras saias. Eu não ficarei mais punindo-o pelo passado, vejo que ele realmente se preocupou comigo e isso é importante. Como o seu cuidado também é Ícaro, sei que nós não somos próximos e que minha figura é duvidosa. Mas acho que preciso lhe colocar a par do conflito de nossa família para que você possa lidar da melhor forma com as informações que chegará à você...

    A jovem fazia uma breve pausa para então revelar algo gigantesco.

    -Magno, o grande patriarca e príncipe de Florença por muitos anos teve três proles. Foi isso que eu descobri enquanto trabalhava nos arquivos no começo do mês, dês da noite em que eu descobri isso e contei para Tiburzio, o mesmo se modificou. Passou a agir como se estivesse sob ordens diretas e eu não pude mais tocar em nenhuma informação sobre os cainitas da família. Os papeis indicam três, mas nós só conhecemos duas. O que ocorreu com a terceira? Ela seria a própria Olympia ou Senhor da Olympia?! Não sei, mas sei que a vingança das outras duas proles de Magno parece ter finalmente acordado com essa notícia...
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 27/4/2017, 14:47

    Icaro se concentrou nas palavras ditas por Valentina, recostando-se na poltrona e pensando durante algum tempo, as informações reveladas por sua prima o incomodavam.

    “ Esse tipo de informação não deveria ser acessado tão simplesmente assim. Será que Olympia é realmente a terceira prole de Magno? Seja o que for isso colocaria Valentina com sangue mais potente que o meu e de Mariano... Droga! Isso abre caminhos bem estranhos e perigosos. ”

    Arrumando-se na poltrona, Icaro tomou cuidado de colocar sua perna ruim de volta ao chão para apoiar os cotovelos em seus joelhos, olhando na direção de sua prima.

    - Não sei se você fez certo em comentar isso com Tiburzio, isso com toda a certeza a colocou na mira dos mais velhos. Mas ao que parece ele começou a agir estranho depois disso não? Podemos usar essa data para ver se encontramos algo a nosso favor.

    Mantendo o ar sério Icaro se permitiu um sorriso calmo e educado para Valentina, havia uma crise a ser resolvida e o cainita precisava de toda a ajuda possível.

    - Sinto que as coisas com você e Mariano não tenham sido boas, mas isso não vai nos atrapalhar aqui. Precisamos ter certeza de estamos agindo certo e cobrindo cada possível falha. Isso vai ajudá-la Valentina, é o que eu posso fazer para ajudá-la, mas preciso que me diga. Você confia em Mariano? Eu sinceramente não quero trabalhar duplamente nessa situação. Não acho certo, ainda mais quando o nome de meu senhor pode estar envolvido nisso tudo.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 30/4/2017, 03:09

    -Fazem exatos oito dias des da mudança de comportamento de Tiburzio.

    Respondia Valentina que agora se arrumava, como se estivesse a pensar na sua questão, ela até fechava os olhos de maneira breve e enfim, descruzava as pernas, mas mantinha os dois joelhos pareados.

    -Não sei explicar claramente o porque, Ícaro. Mas eu confio profundamente em você, talvez sejam seus olhos ou a sua postura, mas você inspira confiança. E é por sua causa que eu irei dar uma chance para que a confiança em Mariano germine novamente, irei abaixar minhas defesas. Entendo que precisamos trabalhar juntos e estou agora, aberta a isso.

    A jovem então se levantava, para andar na sua direção, sentando ao seu lado ela esticava uma mão para tocar o seu ombro.

    -Ícaro, me perdoe por ser um enorme transtorno e um fardo a ser carregado. Minha Senhora se cansou de me carregar e me abandonou, eu não quero ser abandonada novamente e por isso, farei de tudo para não ser apenas mais um problema. Por isso eu irei compartilhar tudo que sei contigo... E aqui vai a grande verdade sobre nossa família, a razão que fez minha Senhora sair e muitos de nós sofre. A prole mais antiga de Magno, nosso patriarca atual, é um forte aliado dos Sforza. Talvez essa movimentação monetária estranha tenha um objetivo, a guerra.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 1/5/2017, 17:09

    Observando cada pequeno movimento de Valentina, o cainita deixava que as informações que tinha criassem suas ligações, refutando teorias estranhas e nada praticáveis.

    “ Pense com logica para resolver essa situação, cada por menor pode ser usado contra você ou desacredita-lo.”

    O toque em seu ombro o fez sorrir de maneira suave, tocando na mão de sua prima o cainita a encarou por alguns segundos enquanto pensava, saber que a família apoiava secretamente os Sforza não era algo desconcertante, muito embora também não agradasse Icaro.

    “ Será que esse seria o motivo? Talvez não seja, o montante de dinheiro que foi mexido é muito mais do que o recomendável, mesmo para um apoio secreto ou não. “

    Balançando a cabeça, Icaro voltou a olhar para frente.

    - Se isso é certo, talvez tenha alguém entre nós descontente com esse apoio. Mas ao que parece o Patriarca não sabe desse movimento, ou tenha aprovado isso. De qualquer forma é uma informação que pode nos ser útil.

    Voltando a face para Valentina o cainita suspirou de leve imaginando de que forma poderia tirar alguma informação relevante disso.

    - Você não é um peso, você faz parte dessa família e é meu dever ajuda a manter está família inteira. Isso incluiu você. Fico feliz em saber que você dará um novo voto de confiança para Marianno, eu devo muito a ele.

    Levantando-se com cuidado o cainita estendeu a mão para ajudar Valentina a se levantar.

    - Preciso saber mais alguma coisa? Caso contrário acho melhor voltarmos e nos concentrar no trabalho.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 2/5/2017, 21:35

    Valentina tomou a sua mão e se colocou de pé, olhando diretamente nos seus olhos ela diz:

    -Você é um homem respeitável Ícaro, obrigada. Eu nunca irei me esquecer desse apoio, mas por hora concordo contigo, devemos seguir até o trabalho e nos concentrarmos, não sou boa com computação e programação mas sou perfeitamente capaz de gerenciamentos de informações, por tanto, vamos meu caro.

    Valentina dava um suave aperto na sua mão, para enfim soltá-la e começar a andar em direção a saída. Parando em frente a porta para esperar que você a abrisse e finalmente retornando até a bancada onde o trabalho estava ocorrendo.

    O cenário sobre a bancada agora era outro, muito mais vivo, barulhento e divertido. Mas nem por isso, menos eficiente ou dedicado. Lá estavam Maffeo, Cleo e Eliseo.

    Sala:

    Cleo ocupava as duas cadeiras que ficavam de costas para o grande televisor, incrivelmente a jovem ocupava dois lugares ao mesmo tempo e utilizava dois notebook de altíssimo desempenho, entre os dois, havia um tablet e logo atrás uma pequena caixa com dois HD's do estilo torre de incríveis capacidades de armazenamento. Eliseo estava sentado no sofá, fora da mesa e de frente a enorme TV. A frente do mesmo, na mesa central, havia uma caneca grande de café já na metade. Ele estava usando a tv para ver dezesseis câmeras diferentes, buscando por determinados horários e programando várias execuções em um notebook que repousava em seu colo. A cadeira ao lado de Cleo era ocupada por uma bandeja de madeira, onde já haviam duas latas de energético abertos.

    Maffeo estava a preparar alguns pequenos petiscos para os três comerem, enquanto ouvia algo em um fone de ouvido com bastante atenção. A primeira a notar a chegada de vocês dois era Cleo, a jovem levantava a cabeça e ajustava o óculos, dizendo animada como sempre:

    -Boa noite! Boa! Oi! Tudo bem Ícaro, desculpa a bagunça! A culpa é do Eliseo, juro!

    Eliseo levantava a cabeça prontamente retrucando:

    -Ei! Nada disso! Ah, olá Ícaro!

    Respondia o homem com a sua voz naturalmente grossa e sempre em um tom baixo. Maffeo se virava olhando você e Valentina e sorria de maneira simpática, apontando onde estava o seu notebook e já indicando onde Valentina poderia se sentar.

    Roupas de Cleo e Eliseo:
    Cleo:
    Eliseo:
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 3/5/2017, 12:07

    Olhando nos olhos de sua prima, Icaro ficou feliz em ouvir as palavras da cainita, o aperto em sua mão não passou despercebido, mas o rapaz preferiu não mencionar isso. Abrindo a porta para Valentina passar, Icaro a guiou de volta para a sala.

    “ Não é hora para isso Valentina, não agora ou aqui. “

    De volta a sala, Icaro suspirou ao ver a enorme bagunça que Cleo era capaz de fazer em minutos, cumprimentando a jovem com um pequeno bagunçar de seus cabelos o cainita verificou se as latas de energéticos estavam vazias ou não, se prontificando para pegar outra para a jovem.

    - Sim o Eliseo fez essa bagunça da mesma forque que eu sou ruivo.

    Respondeu o cainita com um sorriso brincalhão no rosto, vendo que Maffeo já indicava um lugar para Valentina, o cainita se sentou em sua mesa, com cuidado Icaro arrumou o pequeno encosto para sua perna colocando-a ali em cima.

    - Como anda a pesquisa Eliseo?

    Perguntou o cainita enquanto batia de leve sobre a mesa com os dedos da mão.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 7/5/2017, 02:38

    Valentina tomava o lugar designado a ela e observava inicialmente surpresa pela forma com que você interagia com o seu rebanho, em silêncio ela apoia as mãos na banca e presta bastante atenção.

    Cleo sorria em resposta a sua ação e ajeitava os óculos que teimavam em deslizar sempre por sua face, ela prontamente apontava qual das duas latas estava vazia, pedindo sem falar nada, por mais uma.

    Eliseo por dava uma golada no café e prontamente começava a falar.

    -É bastante informação para filtrar, entretanto, existem coisas curiosas ocorrendo dentro da mansão central. Principalmente nos corredores mais altos, deixa só eu encontrar... Aqui!

    A data da gravação que ocupava agora a televisão inteira era tomada por uma gravação feita no começo dessa mesma noite! A porta da sala de reuniões estava fechada, mas a câmera conseguia ver por um reflexo o interior do local, lá dentro estavam Lisandro Ulfila e Enzo Sforza! Em uma reunião acalorada com muita discussão que parecia terminar de uma maneira horrível e com agressões verbais intensas.

    Cleo prontamente diz:

    -Tô só terminando de checar aqui também, tenho coisinhas interessantes a mostrar sobre essas movimentações bancárias.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 7/5/2017, 16:34

    Pegando a lata de energético que Cleo pedia, Icaro bagunçou novamente os cabelos da jovem, antes de ir se sentar. O cianita percebeu a surpresa de Valentina diante daquela interatividade.

    Sentado Icaro se apoiou na cadeira enquanto observava o vídeo, a imagem pega no reflexo o deixava tenso, ainda mais quando as informações cedidas por sua prima pareciam claramente estar se confirmando.

    “ Então os Ufilia estão apoiando os Sfoza... Até onde vai esse apoio? E o que fez com que Lisandro chegasse a esse ponto com Enzo?!”

    Suspirando alto o cainita olhou para Valentina, balançando a cabeça Icaro voltou a olhar para a imagem na tela.

    - Isso da brechas para confirmar a aliança com os Sforza, mas não explica o movimento tão grande de dinheiro, ainda mais quando esse movimento deixa a família em perigo financeiro.

    Voltando-se para Cleo o cainita perguntou de maneira simples e direta.

    - Vamos lá mocinha o que você descobriu?
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 9/5/2017, 20:48

    Valentina fazia pequenas anotações de tudo que via, ela parecia estar criando uma espécie de linha temporal dos fatos e gerenciando as informações através de legendas e abreviações, estruturando as informações que vocês tinham até então de maneira simples e muito bem feita. Seu amigo e vassalo finalmente se aproximava, colocando um prato com vários petiscos à frente de Cleo e indo levar outro até Eliseo.

    A sempre desastrada jovem esticava a mão, pegando uma azeitona e derrubando-a antes de colocar na própria boca. Abrindo um sorriso divertido na face, ela se abaixava, pegava a azeitona e assoprava, para então comer a mesma. A ação arrancava uma expressão de nojo de Valentina e a Cleo rindo brincava.

    -Se não ficou cinco segundos no chão é seguro! Não precisa de nojo! Tá tudo bem!

    Eliseo falava logo em seguida:

    -As contas Cleo, as contas!

    A jovem concordava e voltava a mexer bem rápido nos dois notebooks dela enquanto falava:

    -Ah! sim, sim!

    Terminando os preparativos ela iniciava um monologo.

    -Fui atrás de algo que vocês não estavam considerando, toda grande movimentação bancária levanta os olhos da receita federal e das agências federais. Essa não foi diferente e eles rastrearam várias compras e investimentos na Sicília. Mas não termina aí, porque grande parte do dinheiro segue sumida aos olhos federias, como se tivesse sido feito um grande saque... Assim eu fui então atrás do mercado negro e adivinha só, a Sicília esta fervendo o marcado de armas de fogo de alto calibre, rifles de assalto e explosivos plásticos! Apesar do dinheiro ir para Roma, ele nunca chegou, é uma trilha falsa! Não sei exatamente o que esta acontecendo, mas isso tudo esta parecendo um grande golpe Ícaro. É um labirinto de informações falsas, nem sei se tudo isso sobre a Sícilia é totalmente verdade, mas o que eu sei afirmar é: estão tentando usar esse dinheiro para ferir a sua família.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 12/5/2017, 11:22

    De maneira disfarçada Icaro balançou a cabeça negativamente para Cleo, o cainita tinha certeza de que se fosse repreende-la seria enrolado pela jovem sem muitas dificuldades, permanecendo em silencio o cainita escutou o que a jovem falava.

    “ Tem algo errado em tudo isso... Levaríamos muito tempo tentando desmembrar a trilha do dinheiro e descobrir o que foi feito com ele... Droga! “

    Cruzando os braços e fechando os olhos Icaro permaneceu em silencio por algum tempo, a mente do cainita fervilhava com pensamentos e nenhum deles agradava em nada Icaro, respirando fundo o cainita se recostou na poltrona para só então abrir os olhos.

    - Vamos retroceder e ser diretos. Cleo preciso de um nome se possível, não siga o caminho do dinheiro procure agora o caminho das armas se possível o nome dos vendedores. Não podemos nos dar o luxo de perder tempo e seguir pistas falsas, quem fez isso sabia o que estava fazendo, temos que conseguir um furo nisso. Maffeo veja se consegue dar apoio aos dois.

    Virando-se para Valentina o cainita perguntou de maneira educada e simples.

    - Qual sua opinião? Minhas ideias estão bagunçadas e talvez eu possa estar guiando-as pelo rumo errado.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 15/5/2017, 18:54

    Cleo fazia um sinal de positivo com o dedão esquerdo e já voltava a imediatamente a trabalhar, Maffeo então se ausentava por alguns instantes apenas para buscar o próprio notebook e também começar e organizar aquele enorme fluxo de dados que os dois mortais produziam tão rapidamente. Valentina soltava a caneta que usava para fazer alguns rascunhos, passando suavemente o indicador pelo papel e até finalmente olhar na sua direção. Bastante séria e pensativa, a jovem diz:

    -Acho que estamos dando passos muito maiores que nossa pernas. Entenda, Ícaro, o problema em nossa frente parece cada vez maior, estamos agora em frente a uma grande montanha coberta de neve e qualquer movimento em falso fará uma avalanche cair sobre nossas cabeças. Temos que ser inteligentes e descobrir uma maneira de sobrevoar essa montanha, não encarando-a de frente... Primeiro acho que precisamos traçar um objetivo a longo prazo, que seria ao meu ver: Descobrir quem moveu esse dinheiro. Concordas?

    As palavras de Valentina atraíam as atenções de todos ali, não era apenas palavras soltas no ar elas possuíam uma força de liderança natural esperada daqueles que pertenciam ao clã Ventrue. Ela não precisava se impor, a lógica dela era um potente magnetizador das atenções de todos.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 18/5/2017, 19:11

    Escutando as palavras de Valentina, Icaro sentiu a verdade que fluía por elas, era claro que estavam em um campo aberto demais e desfocados, isso poderia custar caro, um preço que Icaro não estava disposto deixar sua família pagar.

    Concordando com um movimento o cainita fechou os olhos e cruzou os braços, reordenando os pensamentos o cainita permaneceu assim por alguns instantes.

    “ Quem deu a ordem para Tiburzio? Com esse nome podemos avançar, ao menos apontar uma direção a ser seguida. Uma proteção aos mais novos. ”

    Abrindo os olhos Icaro olhou para Valentina antes de olhar para Eliseo e Maffeo.

    - Temos que descobrir quem usou dominação em Tiburzio, se foi aqui dentro teremos imagens. Sei que o montante é enorme mas preciso disso rapazes, mas é essencial, isso provaria as acusações. Cleo acha que consegue um nome querida?
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2652
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Danto em 23/5/2017, 00:56

    -Pode deixar chefe!

    Respondia a jovem de maneira bem divertida e logo ela começava a usar ativamente os computadores. Maffeo e Eliseo faziam o mesmo, os três ali trabalhavam bastante e com enorme dedicação. Todavia, o fluxo de dados era enorme e havia muito a se pesquisar. Seu amigo então, fazendo uma pequena pausa após alguns longos minutos se aproximou de ti e falou em um tom calmo.

    -Ícaro isso vai demorar muito. Mas seria mais saudável para nós que você e Valentina pudessem se fazer presentes na mansão, não concordas? Nem que seja para uma simples conversa aos olhos de quem quiser ver... Não podemos simplesmente não sair, eu cuido das coisas. Fique tranquilo.

    Valentina por estar bem perto, concordava de maneira singela.

    -Ele tem razão Ícaro, ficaria suspeito. A movimentação aqui foi intensa nas últimas horas e se nós temos acesso, eles certamente podem ter também. Vamos então fazer uma pequena caminhada para manter as aparências?
    [Ultima ação para o final do ato]


    Última edição por Danto em 28/5/2017, 15:45, editado 1 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1475
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato I - Honra e Tradição

    Mensagem por Jess em 26/5/2017, 11:11

    Perdido em seus próprios pensamentos Icaro levou algum tempo para entender o que Maffeo dizia, por fim concordando com as palavras de seu amigo e de Valentina, Icaro sorriu ao se levantar.

    - Não hesite em nos chamar Maffeo, sei que estou deixando em boas mãos o controle da situação. E sei que vocês têm razão quanto a isso.

    Apoiando o peso de seu corpo na sua perna boa, Icaro fez um gesto para que Valentina fosse na frente, suspirando de leve o cainita foi pegar o casaco de sua prima entregando a jovem antes de sair de seu refúgio afim de manter as aparências.

    “ Espero que isso me ajude a pensar melhor! Me sinto um inútil por ter deixado a situação chegar a esse ponto. “

      Data/hora atual: 23/8/2017, 08:58