WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Primeiro Arco de Valentina: Ato IV - Os Dois Amores

    Compartilhe
    avatar
    Lugo

    Mensagens : 300
    Data de inscrição : 17/10/2016
    Idade : 23
    Localização : Natal - RN

    Re: Primeiro Arco de Valentina: Ato IV - Os Dois Amores

    Mensagem por Lugo em 12/9/2017, 16:33

    O emblema de felicidade perdurava em meu corpo e alma e parecia atingir novos níveis a cada momento compartilhado com os dois ao meu lado. Mas, foi após ouvir as palavras dos dois que minhas emoções transbordaram de meu corpo pelo meu sorriso e, assim, falava animada após o comentário da ruiva.

    – Ai meu Deus, então quer dizer que Lotta é minha sogrinha? Eu não poderia estar mais feliz por ti, meu amor. Mas, agora que estamos falando de sua mãe, temos que apresentá-la a Mipa o quanto antes. Vai ser maravilhoso!

    Apesar do tom de brincadeira no começo, estava falando com todo meu coração ao me referir a Loretta como sogra e, no final, alternava o foco de meus olhos entre os dois ao meu lado, dedicando um sorriso para cada. Por fim, acabava soltando mais um suspiro pesado de todo meu cansaço, mas, em seguida, me levantava, ficando de joelhos sobre a cama, e esticava os braços aos dois a minha frente, convidando-os a me ajudar.

    – Bem, agora vamos tratar de arrumar essa bagunça e nos preparar para dormir. Eu estou completamente esgotada!

    Meu corpo desejava ficar deitado ao lado deles, mesmo que em meio aquela sujeira toda, mas seria impossível de dormir naquele estado e assim usaria minhas últimas reservas de energia para rapidamente arrumar o quarto com ajuda de Mirian e Sebastian.

    – Bash, queria te pedir uma coisa para amanha…

    Falava com bastante ternura, no meio de toda aquela arrumação e sem olhar diretamente para o homem no começo. No entanto, após uma pequena pausa, virava meu rosto cansado até o mesmo exibindo um sorriso contido pela fadiga.

    – Sei que é meio repentino, mas preciso expor minhas emoções e tudo que estou sentido. Preciso eternizar esse momento da minha vida, como sempre fiz, e, além disso, quero deixar aqui, na casa de Lotta!

    Meus olhos procuravam os dele no meio da fala e minhas mãos apertavam com força o lençol que seguravam a medida que a animação e empolgação cresciam e pareciam querer explodir meu corpo.

    – Será que seria possível?

    Informações:

    Blood Pool: 11/15
    Força de Vontade: 6/6
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 4106
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 27

    Re: Primeiro Arco de Valentina: Ato IV - Os Dois Amores

    Mensagem por Danto em 13/9/2017, 13:13

    -Exatamente!

    Afirmava Bash sobre a sua questão acerca da figura de Loretta. Logo que a sua fala sugeria arrumar o local, o rapaz saia da cama com um movimento rápido, mas foi Mirian que fez um certo charme. Esticando-se sobre a sujeira ali presente sem nenhuma vergonha, ela soltava um gemido preguiçoso e começava a fazer uma pequena manha. Bash prontamente a puxava por um dos calcanhares, arrancando risadas divertidas da mesma que os contagiavam em uma alegria vibrante.

    Assim, vocês se colocavam a arrumar o quarto e Mirian comentava sorridente:

    -Vou lá preparar o banho! Já volto!

    Ela ia andando na pontinha dos pés até o banheiro, afinal uma das coisas que ela mais detestava era ter que andar descalça sobre o piso gelado dos banheiros, uma pequena característica que ainda se fazia presente como um eco da vida mortal de vocês duas. Restando então apenas você e Bash no quarto, o mesmo pensava um pouco e a respondia:

    -Sim! É muito possível e melhor ainda querida, seria adorável! Queres pintar ou prefere que eu peça para trazerem seus equipamentos requeridos para os vasos? Espaço nunca falta! Mas devo admitir, já existe um pequeno quarto de pintura escondido na mansão, minha mãe não a impediria de usá-lo afinal...

    O homem fazia uma pequena pausa para olhar nos seus olhos e fazer um carinho na sua face com bastante ternura e murmurar:

    -És a mulher da minha vida!

    [Off: Ultima ação para o final do ato]
    avatar
    Lugo

    Mensagens : 300
    Data de inscrição : 17/10/2016
    Idade : 23
    Localização : Natal - RN

    Re: Primeiro Arco de Valentina: Ato IV - Os Dois Amores

    Mensagem por Lugo em 13/9/2017, 23:36

    As brincadeiras de Mirian me faziam cerrar os olhos, enquanto continha um sorriso, e a fazer uma pose durona, com as mãos sobre os quadris, como se estivesse a reprimi-la, mas, ao ver Sebastian puxá-la pelos tornozelos, aquela pose sumia e era envolvida pelas gargalhadas. Gargalhas essas que faziam aquele pequeno momento ainda mais especial, deixando uma marca pura e feliz daqueles dois em minhas memórias.

    “Ah Bash, eu queria brincar mais um pouco com ela!”

    Após as boas risadas, respirava lentamente mais uma vez e acenava positivamente com a cabeça para respondê-la e, depois, acompanhava sua movimentação com os olhos. Cada detalhe daquele momento importava, pois eram nesses detalhes que se escondiam as partes mais interessantes de uma pessoa, as partes que mais me tocavam e me alegravam.

    “Como é bom te ver assim Mipa. Cada detalhe de ti, cada momento, ação e pensamento, tudo isso me faz querer tê-la sempre ao meu lado!”

    A preocupação de Mirian com a temperatura do chão me arrancava um sorriso genuíno e nostálgico, mas a aproximação de Sebastian e sua resposta a meu pedido acabavam por me chamar a atenção. Meu peito se enchia de alegria e meu rosto continha um sorriso que, com certeza, não caberia ali, e com a guarda baixa, a última frase do homem disparava meu coração.

    Devido os últimos acontecimentos, aquelas palavras vinham com um peso enorme e me deixava desconcertada. Meu rosto ficava vermelho e minha respiração descompassava. Meus braços ficavam inquietos e agarravam o lençol quase dobrado contra meu corpo para, em seguida, dar um passo na direção de Sebastian e, com a mão meio trêmula, tocar gentilmente em seu rosto enquanto retribuía o profundo olhar.

    – Meu amor, eu não conseguiria expressar em palavras o que você representa para mim!

    Continuava a me aproximar dele até, finalmente, encostar nossos corpos e, então, largar o lençol para levar minha outra mão até a cintura dele e envolvê-lo em um meio abraço. Quando estivesse rente ao homem, simulava mais uma respiração pesada, que representava o impedimento que a fadiga me impunha aos desejos que, assim como os dele, pareciam não sumir nunca! Por um minuto, meus olhos o devoravam ao olhar fixamente para o homem a minha frente e, depois de voltar a realidade, voltava ao primeiro tópico da conversa, mas ainda sem sair daquela posição.

    – Bem, eu gostaria muito de fazer um vaso para Lotta, acho que esse é o momento perfeito! Mas se for dar muito trabalho para trazer e se for ficar muito imprensado eu posso fazer ele quando voltarmos para casa e depois entregar a ela. Sim! Será até melhor pois eu poderei conversar mais com minha sogrinha e fazer algo muito, muito, especial!

    Minha animação era evidente e me fazia dar um selinho rápido nele para depois dar alguns pulinhos de alegria e correr para jogar o lençol que segurava no cesto de roupas sujas. Corria já puxando Sebastian pelo braço e levando-o para o banheiro ao encontro de Mipa e, finalmente, entrar em mais um banho para ir direto dormir e me prepara para a próxima empolgante noite!

    – Mipa! Espero que tenha feito tudo certinho ai que eu vou te lavar bem direitinho, mocinha!

    Falava animada e com a voz mais alta, mas com uma pontinha de malicia que não poderia faltar!


    Informações:

    Blood Pool: 10/15
    Força de Vontade: 6/6

    Conteúdo patrocinado

    Re: Primeiro Arco de Valentina: Ato IV - Os Dois Amores

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: 21/10/2018, 11:37