WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Compartilhe
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3193
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Danto em 21/11/2017, 16:13

    O rapaz sorria feliz, ainda com as bochechas vermelhas, mas com a face em sua totalidade já regressando a uma tonalidade mais natural. Ele concordava positivamente com a cabeça sobre a sua sugestão de esperar alguns minutinhos e sentava-se ao seu lado, para ali ficar a lhe beijar com ternura por alguns instantes, variando entre selinhos e beijos mais longos, assim como pequenos beijos breves em sua face. Era pequenos carinhos, mas que traziam consigo significados verdadeiros e faziam o rapaz sorrir com uma intensidade cativante.

    Enfim ele tocava sua face com a palma da mão e beijava sua outra bochecha para comentar de maneira divertida:

    -Então, vamos lá atrás da Lucy e puxar as orelhas dela!? Acho que já deu tempo dela correr né Ume, ou melhor, namorada!

    O rapaz ria alegre por usar o termo pela primeira vez, mesmo que de maneira meio forçada, ele não parecia se importar, apenas demonstrava toda a alegria que vibrava dentro do próprio coração.

    Massi então se levantava e estendia as duas mãos para lhe convidar, para em seguida recebê-la com um carinhoso abraço e um beijo mais longo e apaixonado, mas naturalmente atencioso ao seu fôlego. No fim deste, ele brincava:

    -Ou devemos ficar mais alguns minutinhos aqui?!
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1819
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Jess em 21/11/2017, 20:37

    Sorrindo sem me importar com mais nada eu ria ao ver que Massi aceitava esperar um pouco antes de irmos atrás de Lucy, ali sentados lado a lado eu correspondia a cada beijo trocado, cada pequeno carinho e sentimento de compartilhar, um gesto que nunca esperei receber.

    “Ele é tão gentil, sei que meu coração não errou, não com o Massi”

    O beijo em minha face me fez rir de forma suave, era divertido sentir os pequenos toques e carinhos de Massi, da mesma forma que eu brincava com as pontas de meus dedos e seus cabelos suaves.

    – Vamos sim namorado!

    Respondia ao aceitar a ajuda para me levantar, o abraço e o beijo me arrancaram o ar, de uma forma boa e nada dolorida, já a pergunta de Massi me deixava vermelha fazendo com que eu me escondesse em seu peito.

    – Isso é maldade seu bobo! Eu adoraria ficar mais tempo aqui, mas se queremos ter razão em puxar as orelhas da Lucy esse é o momento.

    Eu respondia com a voz abafada, mas ainda assim feliz por isso.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3193
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Danto em 23/11/2017, 21:17

    Massi suspirava apaixonado e exibia um sorriso bobo gigantesco na face após ouvir a sua primeira fala, ele até ria baixinho e sozinho de tão feliz que ele se sentia naquele momento. O rapaz já de pé a observava calmamente após o beijo, simplesmente permitindo-se admirar as suas expressões. As mãos dele iam aos seus cabelos, afim de fazer carinhos curtos .

    -Eu nunca vou me esquecer dessa noite... Pois ela é até agora, a mais feliz de toda minha vida!

    Apertando-lhe mais uma vez, o jovem enfim a soltava para segurar com firmeza a sua mão, entrelaçando os dedos e indicar com a mão livre a porta do quarto e falar:

    -Agora vamos apertar o passo ir atrás dessa arteira que atende pelo nome de Lucy! Ela vai pagar por esse plano maligno! Ela nunca pensa direito, nunca!

    Dessa forma seu primeiro namorado a conduzia com agilidade pelos corredores da sua casa, já demonstrando conhecer os caminhos e até onde os móveis estavam posicionados, uma percepção comum para quem não tinha uma mente tradicional. Logo, vocês dois chegavam na porta do seu quarto que estava entreaberta, lá dentro, era possível ver a figura de Lucy atirada sobre a sua cama, com a face afundada nos travesseiros e os pés para fora da cama. Massi soltava a sua mão parar correr e puxar um dos pés da irmã.

    -Tá se escondendo do que eim? Você não vale nada garota!

    Lucy soltava um divertido grito, debatendo-se ela virava sobre o colchão e revelava a face extremamente vermelha.

    -Ain! Eu queria que vocês conversassem! Não esperava que... Que vergonha! Desculpa! Desculpa irmãozinho! Desculpa Ume! Desculpa, não puxem minha orelha não!

    O drama falso e divertido de Lucy fazia Massi ter reais dificuldades de segurar o riso, assim, ele segurava a própria irmã e lhe indicava as orelhas dela com os olhos.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1819
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Jess em 23/11/2017, 23:03

    Ali abraçada eu sorria, afinal Massi sorria da mesma forma e nós estávamos felizes, acima de tudo felizes por que nossos corações se entenderam tão rapidamente. Os toques suaves em meus cabelos faziam com que meus braços o apertassem com carinho, e suas palavras apenas aumentavam meu sorriso, deixando minhas covinhas a mostra.

    – É a minha também, mas eu sei que vamos ter muitas outras assim!

    O abraço se transformava em mãos dadas gestos que me confortavam e me davam confiança, não havia medo de ser julgada, não por Lucy o por meu pai.

    ”Talvez a vovó queira assustar ele, ou não ela pareceu gostar do Massi.”

    Deixando-me ser guiada por meu namorado, meus olhos percebiam a facilidade de Massi em se guiar, ele mal havia conhecido o caminho e o dominava completamente, sabendo exatamente onde cada coisa estava, uma visão espacial que deixava claro como sua mente trabalhava de outra forma.

    Já na porta do quarto não havia como segurar o riso, não diante da cena que os dois irmãos faziam, me aproximando da cama apenas para rir eu piscava ao receber a pequena indicação de Massi para as orelhas de Lucy.

    – Mas quem disse que a gente vai puxar suas orelhas?

    Eu comentava ao pular sobre a cama e Lucy, apenas para puxa-la e morder com delicadeza sua orelha direita.

    - Eu vou é morder elas!
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3193
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Danto em 28/11/2017, 19:47

    -Você vai o que? Massi ela vai me morder! Socorro Massi!

    Dizia Lucy tentando fazer um drama para conquistar o irmão, mas o rapaz estava determinado em punir a pequena que havia aprontado com vocês dois! Ele mantinha a moça presa e a deixava mordiscar as orelhas dela enquanto ela protestava inicialmente, mas acabava por contentar-se em sorrir e fingir dor. Massi em seguida soltava a jovem por breves instantes, apenas para começar a fazer cocegas na mesma e dizer enquanto ela se debatia e ria.

    -Sua sem noção! Sofra as consequências dos seus atos!

    A divertida cena transcorria com uma sutileza especial, era uma interação de cunho familiar que você não havia aproveitado em sua infância, mas que poderia usufruir o quanto desejasse nesse momento, na sua nova família. Aos poucos a punição ia acabando e Massi deixava um bocejo cansado lhe escapar, soltando a irmã ele se erguia e espreguiçava-se.

    -E pode ir se acostumado, afinal seu plano deu certo tá?!

    O jovem se aproximava de ti e suavemente depositava um beijo em seus lábios.

    -Ume é a minha namorada!

    Luci sentava rápido na cama e batia palmas empolgadas. Comemorando a notícia:

    -Adorei ouvir isso! Eu só esperava que sei lá, vocês se beijassem, mas adorei! Sério, tô super feliz por vocês dois! Mas agora, eu ainda posso dormir lá no quarto ou vocês pretender... Se conhecer melhor?!

    A face de Massi ficava vermelha em uma velocidade incrível, o rapaz tossia e parecia se engasgar com o ar! Enquanto Luci ria por ter pego o rapaz desprevenido.

    [Off: Ultima ação para o final do ato]
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1819
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Jess em 28/11/2017, 23:26

    Com Lucy presa não havia dificuldades em morder suas orelhas, é claro eu não o fazia com força nem as apertava de mais, mas claramente as mastigava com vontade e rindo, aquela era uma cena intima que eu nunca tivera, meu coração se alegrava me fazendo rir sem medo, ainda mais quando Lucy ria e fingia dor já que não teria ajuda de Massi.

    – Considere-se mordida Senpai!

    Eu resmungava por entre mordidas dadas com carinho e diversão, o bocejo de Massi era o sinal de que a hora de dormir se aproximava, soltando Lucy eu a deixava se sentar na cama sorrindo com carinho diante das palavras de Massi.

    “Seremos acima de tudo amigos, então nossos corações aprenderam a se amar sem medo.”

    Recebendo o beijo de Massi eu sorria com alegria, afinal aquela era uma intimidade que sempre desejara ter, e ali havia conquistado sem nenhum receio ou medo, as palmas de Lucy e sua felicidade me deixavam animada, isso é claro até minha prima aprontar.

    A pergunta que fazia Massi corar tinha o mesmo efeito em minha face, assim eu a puxava para perto apenas para morder de novo sua orelha e responder de forma suave.

    – Boba! Você dorme no quarto, porque não vai querer ver isso! Alem do mais não queremos deixar você sozinha!

    Comentava ao bagunçar os cabelos de Lucy e aperta-la em um abraço forte.

    -Obrigada priminha!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Primeiro Arco de Ume: Ato VIII - Lições e Conexões

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: 11/12/2017, 11:20