WoD by Night


Narrativas De World of Darkness Estruturadas Nas Versões de 20 Anos
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Primeiro Arco de Loretta: Ato VIII - O Prelúdio da Segunda Noite

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
King Jogador

avatar

Mensagens : 627
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Primeiro Arco de Loretta: Ato VIII - O Prelúdio da Segunda Noite   19/12/2017, 02:05

Observava a cena toda com um forte sorriso no rosto, sentindo todo o amor legítimo que era exalado por toda a cena. Fazendo um olhar bem apaziguador para que meu Bash não se desesperasse, querendo dar para ele a confiança que o mesmo precisava ter. Levava então minhas mãos para a boca e quase chorava de felicidade ao escutar as palavras da pequena Valentina. Eu sentia que seriam positivas, mas não imaginava por um amor tão forte e intenso de forma quase que material. Não conseguia esconder o sorriso mais belo que eu já possuíra. Ali eu tirava meus pés da posição de repouso, me debruçando na mureta para responder com minha voz alta e cheia da energia italiana.

- Terá a argila mais impecável do mundo para sua arte minha pequenina!

Infelizmente a jovem estava em tamanha adrenalina e paixão que se mostrava desmaiar de profunda fome. Ficava surpresa em ver tal cena, algo fora do comum, mas que mostrava o quão delicada e especial ela era. "Ermínia teria sido assim se fosse uma cainita..." Suspirava perdida em meu pensamento e ficava a observar o Alfie tomando conta da situação com maestria. Sem me preocupar com mais nada e ficando feliz com o semblante positivo de meu filho. Ali meus olhos iam de encontro com Aylena, na esperança que ela estivesse observando tudo e compreendendo o que eu fizera. "Liderança por amor filha. Nunca esqueça, liderança por amor." Só que as palavras de meu filha me faziam imediatamente olhar para ele e o responder prontamente.

- É claro que ela disse sim, eu senti na alma dela que ela diria. Não faria você sofrer atoa meu Pequeno Bobo e Lindo Príncipe. Acho que nem preciso deixar claro então o quanto eu aprovo isso.

Então eu ia a acatar o pedido que ele fizera. Descia rapidamente as escadas e ficava no mesmo patamar que ele. Andando em passos rápidos e leves. Quase que saltitando, indo rapidamente na direção dele. Só que sem me jogar nos braços dele, mas sim o fisgar por completo, quase que o tirando do chão se não fosse pelo fato de eu não inflar meu sangue para tal. dava um forte e quente abraço maternal. Meu corpo ainda estava bem quente depois do carinho que dei na Lena, logo prosseguia assim com ele em meus braços e ali eu falava em sues ouvidos as palavras que ele queria tanto escutar.

- Eu te amo filho. E amo minha nora também, obrigada por se arriscar assim. Provou para mim que é o homem certo para reinar nas terras da Toscana, a terra do amor eterno.

Após o abraço eu dava um passo para trás, fazendo um breve suspiro cheio de energia em meu corpo. Não deixava de olhar para cada pessoa na cena. Incluindo a misteriosa ruiva, só que agora sem arquear a sobrancelha, fazia um singelo olhar meigo e delicado. Esticava a coluna então de forma positiva dado toda a energia e alegria dentro de mim. Meus olhos então batiam diretamente em Olympia e minha mão balançava, quase como uma súplica para ela vir me segurar um pouco. Precisava de alguém me segurando um pouco naquela explosão de emoções profundas. Só que antes dela reagir, olhava para Evangelina e o Alfonsus antes deste sair de cena e assim falava com a voz bem calma e em tom claro.

- Mas eu mais que aprovo, aprovo também seu amor com essa linda donzela ruiva. Seria hipocrisia minha ver com maus olhos essa relação. No passado fiquei com receios da Pietra e seus amores, mas como já sabes, aprendi recentemente o valor de várias pessoas te amando. E por mais antiquada que sou, ainda sei manter a mente aberta para o coração. Então eu aceito em nossa família essa linda moça. Seja bem vinda, Mirian da Sardenha, correto?

Naquele instante fazia um curto jogo de palavras. Meus olhos iam ao encontro de todos enquanto falava aquelas palavras. Só que quando dizia o nome de Miriam, meus olhos se chocavam com os dela e só para os ouvidos dela soltava uma palavra diferente. Para que esta achasse que eu tivesse dito aquilo em voz alta, mas fosse apenas para a mesma. Um pequeno jogo que eu iniciava com aquela solta e misteriosa que eu precisava conhecer.

Fala para Mirian:
 

Após minha declaração eu escutava as palavras de Alfonsus e olhava uma última vez para ele antes deste sair totalmente de cena. Assim emanava para ele meus pensamentos e agradecimentos sobre a Lena. Que era a que eu me colocava a olhar agora, suspirando de alegria em saber que ela existia e estava perto. Da mesma forma que chamava pela Olympia, esperava ela se aproximar também, afinal eu ainda tinha vontade de acaricia-la um pouco mais. Assim então deixava minhas íntimas palavras para o Alastor.

Comunicação Mental para Alfonsus:
 

Off - Uso de Telepatia: Teste de Inteligência + Lábia (7d10)
Uma Palavra, Duas Mensagens: Teste Manipulação + Furtividade (8d10)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dados

avatar

Mensagens : 240
Data de inscrição : 03/05/2016

MensagemAssunto: Re: Primeiro Arco de Loretta: Ato VIII - O Prelúdio da Segunda Noite   19/12/2017, 02:06

O membro 'King Jogador' realizou a seguinte ação: Rolagem de Dados


#1 'D10' : 5, 10, 7, 4, 9, 2, 10

--------------------------------

#2 'D10' : 10, 6, 2, 8, 3, 5, 4, 3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Primeiro Arco de Loretta: Ato VIII - O Prelúdio da Segunda Noite
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» VIII Convenção Nacional - IPMS / Curitiba/PR - 5/6-Dez
» Importação!!! [final do primeiro post]
» [Resultado]VII Torneio de Fotos Cloth Myth Revolution
» Telefones dos Correios de Curitiba
» STAR WARS MOVIES - Estreou Ep VIII!!! Spoilers pág. 35

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
WoD by Night :: Arquivadas :: Toscana by Night :: Narrativas do King-
Ir para: