WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Compartilhe
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 8/2/2018, 12:31

    O simples ato de Valentina de tocar em meu joelho tenso, me fez sorrir mais calmo, embora não seguro, era pela jovem em meu colo que me mantinha calmo e focado no que deveria fazer, afinal seriam os jovens os primeiros a sentir o peso da irá dos mais velhos de nossa família.

    A resposta ainda agressiva de Olympia era compreensível, afinal ela nunca deveria ter ouvido falar sobre minha pessoa, muito menos que Fiorenzo abraçará alguém. Mas foi a mudança de personalidade de Valentina que me deixava surpreso, a mesma força da mãe se apresentava na filha.

    "Mais uma vez Fiorenzo tem razão, as duas são parecidas. "

    Abraçando Val com carinho, me limitava a deixar as duas se resolverem, aquela ligação era para as duas se entenderem, isso me deixava feliz e aliviado ainda mais quando Olympia demonstrava preocupação com a filha.

    Apertando os braços em torno de Val quando questionado por Olympia, minha cabeça concordava com esta mesmo que ela não o visse, algo que me deixava calmo.

    - A linha que estou usando não é rastreável senhora, tomei esse cuidado antes de fazer a ligação. Entendo perfeitamente sua preocupação e questionamento. Acreditamos ter informações suficientes para confirmar uma aliança de nossa família com os Sforza, e documentos que comprovam o roubo dos fundos da Torre que seriam usados para manter o progenitor da linhagem em torpor, meu senhor e sua irmã estão presos a laços de sangue, por isso não podem agir se não for por nosso intermédio. A família foi roubada e isso vai recair sobre inocentes senhora.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 13/2/2018, 00:54

    -Entendo perfeitamente o que me diz. São informações perigosas e a vida de vocês estará em risco, por tanto, peço para que movam discretamente seus aliados e protegidos para a cidade de Pistoia e entrem em contato com o atual regente da região, Gianfranco Nardozzi, prole de Bernhart Schwarzmann. A hora chegou, as forças do nosso clã precisam agir com vigor e agilidade e vocês não podem ficar na linha de fogo, por tanto, entrem em contato com este homem, Gianfranco e o informem sobre absolutamente tudo. Acredito que a irmã dele, Adria Trapattoni, está em Roma. Enviarei o contato de ambos a ti... Nenhuma gota de sangue inocente será derramada. Obrigada por cuidar de minha filha e por assumir essa responsabilidade, mesmo sendo tão jovem rapaz.

    Comentava Olympia do outro lado da linha. Valentina se apresentava agora menos tensa e elevava a voz para questionar delicadamente a mãe:

    -Mãe, são nomes desconhecidos por mim. Poderia nos esclarecer exatamente quem são essas pessoas e se são de sua confiança? Além disso, quando você virá a Roma?!

    Havia agora uma curta, pausa, era como se Olympia estivesse a pensar.

    -Vossa Altíssima Majestade, o Inexorável Duque de Florença construiu uma fortíssima aliança com o clã Ventrue no Grã-Ducado da Toscana. Os nomes dos principais aliados são: Bernhart Schwarzmann, sexto de seu nome e regente de Pistoia e herdeiro do eterno assento de Primígeno de Florença. Giacomo Campanale, oitavo de seu nome e protetor de Siena. Richelmo Salvati, sétimo de seu nome e protetor de Arezzo, junto de sua esposa e irmã de abraço, Wilma Salvati. Luise Weinberg, sétima de seu nome e protetora de Grosseto. São esses os mais poderosos Ventrue da Toscana e serão estas mãos a forjarem a reconstrução local, estávamos a apenas aguardar o primeiro erro e este se apresenta. São meus aliados e fieis ao clã, confiem neles.

    Olympia fazia outra pausa e então respirava fundo, para finalizar:

    -Icaro, me passe a lista dos seus vassalos e rebanhos. Eu irei lhe passar todos os contatos, a hora de agir é agora e não podemos nos demorar. Aguentem firme, estarei me juntando a vocês em Roma assim que possível for e em seguida, os levarei pessoalmente até um desses aliados. Até breve. Eu te amo minha filha, cuidado!

    Valentina travava! Emocionada ela murmurava "Te amo mamãe", era algo muito delicado e sútil, talvez Olympia sequer tenha ouvido pelo telefone. Mas no fim, a ligação terminava e instantes depois, mensagens já começavam a chegar. Todavia, não daria para seus olhos lerem agora, afinal, seus lábios eram tomados por todo o amor que a jovem e linda Valentina tinha!
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 13/2/2018, 10:58

    Ouvindo as instruções precisas de Olympia, meus músculos relaxavam um pouco, ainda havia tensão neles, mas devido a situação complexa que estávamos entrando do que pela presença e força de Olympia.

    “Sinceramente eu não gostaria de ve-la em fúria, ainda mais protegendo a Val.”

    Encostando de leve meu nariz na lateral dos cabelos de Valentina, ali eu me permetia sorver um pouco de seu perfume e tentar relaxar, algo que não demorava muito já que meus braços aliviavam o aperto em volta de Valentina.

    – Perfeito, irei criar um copilado das provas para apresenta-los sem demora senhora. Infelizmente todos os Ancilae da família estão sob o laço de sangue, mas tentaremos move-los o melhor possível sem chamar atenção. Acredito que seja bom eu lhe passar o contato direto de meu vassalo, ele ainda se encontra nas propriedades da família e pode ser uma boa ligação senhora, ele terá mais algumas informações e já está acostumado a servir nosso clã. Estou fazendo o que acredito ser o certo, eu só quero que isso termine da melhor forma possível.

    Comentava com educação antes da pergunta de Valentina, os inúmeros nomes ali citados me eram completos desconhecidos, mas se algo que Val era claramente melhor do que eu, era em conhecer outros cainitas, agora sua facilidade para contatos nos seria de grande utilidade.

    “O cetro do clã irá cair sem piedade para aqueles que forem deixados... Não posso falhar com os inocentes agora!”

    Concordando com suavidade as instruções de Olympia, eu me esforçaria para entregar as informações pedidas com a maior rapidez possível, mesmo que grande parte de meu rebanho e amigos estivessem longe da casa principal, Maffeo e Mariano ainda estavam na linha de fogo cruzado, o que me preocupava muito.

    - Irei repassar todas as informações com a maior rapidez possível senhora. Iremos aguentar da melhor forma possível, até breve.”

    Respondia apenas para segurar com maior carinho o corpo de Valentina, as palavras de uma mãe preocupada para sua filha, haviam atingido Val com força, o encerramento da ligação teria me feito reagir, isso é claro se meus lábios já não estivessem tomados pelos de Valentina.

    Apertando-a com carinho, meu corpo reagia ao beijo com a mesma intensidade, minhas mãos se controlavam para não deita-la ali e aproveitar tamanha paixão, mas era a besta que reclamava, por mais que ambos quiséssemos a besta me lembrava do dever, assim como incenssante vibrar do celular. Afastando meus lábios com delicadeza, minhas mãos seguravam a face de Val apenas para sorrir e murmurar.

    – Eu te amo, mas temos que ser rápidos... Outros dependem dessas informações e eu não quero correr o risco de deixar sua mãe esperando. Tudo bem?
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 16/2/2018, 15:50

    A ligação havia enfim terminado e de certa forma, esta havia trazido um alivio para o seu coração e para o de Valentina. Apesar da tensão e do risco, Olympia trouxe aliados e uma verdadeira chance de reação diante da trágica e complexa situação. A forma que Val encontrava para se demonstrar feliz e leve era aquele beijo que só terminava porque você, delicadamente, o finalizava.

    -Tudo bem, desculpa se eu me empolguei. É que ela gostou de ti Ícaro! Isso é excelente! Mal posso esperar para o final das nossas obrigações para te...

    Ela parava ao notar que estava a falar em voz alta, pelo visto, ela pretendia pensar e não pronunciar aquelas palavras e envergonhada começava a rir da própria confusão. Sorridente, a jovem se levantava da cama e se espreguiçava para então colocar uma mão na cintura e pergunta curiosa:

    -Vamos começar por onde mesmo?

    A fala dela era um pouco desleixada, mas era de se compreender. Enquanto você absorvia as informações fundamentais ela estava entregue ao fortíssimo sentimento de se conectar novamente com a própria mãe.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 16/2/2018, 17:16

    O alivio em nossos corações deixava meu corpo mais leve, de certa forma eu havia conseguido lidar com a forte Olympia e Val reencontrará seu amor por sua mãe. Uma luz de esperança podia ser vista no fim do escuro túnel que estávamos seguindo as cegas. O beijo era apenas uma forma carinhosa de extravasar nossos sentimentos, algo que me deixava feliz.

    Sentindo meu coração apertar por ter que encerrar aquela troca de carinhos, não havia como segurar o riso diante de Valentina, usando meus braços para aperta-la com força sem machuca-la eu a beijava na testa antes de falar.

    – Eu prometo que cuido dessa empolgação depois. Fico feliz de ter ao menos passado uma boa impressão a sua mãe, não quero ver ela furiosa.

    Suspirando ao ver Valentina se levantar eu sorria diante deu sua pergunta, ela claramente estava animada e isso era bom, já que a ver com medo me feria mais do que eu podia realmente imaginar.

    – Preciso que você tire copias dos documentos que achamos aqui, vamos juntar com as gravações que temos e outras informações. Enquanto isso vou mandar uma mensagem para o Maf e repassar as informações que sua mãe pediu. Tudo bem?

    Perguntava ao me arrumar na cama e esperar pela resposta de Val, antes de começar a digitar uma mensagem para a linha segura que mantinha com Maffeo.

    “Espero que ele possa contar com a ajuda de Marianno, não queremos chamar a atenção!”


    Mensagem Maffeo escreveu:Maf.
    O café está forte e fervendo.
    Avise Marianno para retirar todos os ancilae da casa sem levantar suspeitas. O clã vai agir e eles não querem inocentes no meio. Os senhores da família não são confiáveis, fique longe deles. Recue para a Pistoia, lá vocês estarão seguros, peça para que Marianno nos encontre em Roma.
    Até meu caro e cuidado.

    Mensagem Fiorenzo escreveu:Fiorrenzo.
    Pai e senhor, medidas já estão sendo tomadas. Por favor permaneça em Roma, se possível venha novamente para a casa de Olympia. Ela vai nos ajudar, mas não quer inocentes correndo perigo.
    Fique seguro.

    Respirando profundamente, era com calma que esperava as mensagens pararem de chegar para então passar as informações que Olympia havia pedido.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 20/2/2018, 12:02

    -Acredite em mim Ícaro, você não quer mesmo ver a minha mãe irritada!

    Comentava a jovem que adorava receber aquele sutil beijo na testa, sorridente ela então já ia se direcionando para o escritório para fazer o que fora requisitado, porém, junto da porta ela fazia uma curta pausa e virava-se para olhá-lo por breves segundos e falar:

    -Pronto, já admirei esse homem lindo e de coração justo que irá salvar a minha família. Agora posso ir!

    Ela piscava e saia rapidamente do quarto, sem lhe dar uma real chance de reação ou resposta. Assim sendo, cabia a ti escrever as mensagens enquanto a fala dela ainda ecoava em sua mente de uma maneira bem positiva e alegre.

    Respostas via Sms:
    Maffeo escreveu:Devemos tomar cuidado para que o a água então não transborde. Eu entendi tudo Ícaro, fique bem e saiba que farei tudo em prol da nossa segurança, estarei indo a Pistoia durante o dia. E Marianno será informado.
    Fique com Deus meu amigo. Até mais ver!

    Fiorenzo escreveu:Obrigado pela preocupação meu querido filho. Irei acatar a tua recomendação e permanecerei em Roma, farei apenas a reunião oficial de negócios e no final da noite, retornarei a casa de Olympia.
    Nos vemos em breve!

    Assim que você terminava de ler as respostas dos dois homens, um email chegava com um copilado de informações vindas de Olympia. Ali era mais fácil de se guiar por dentro dos contatos, especialmente por haver nomes e números de contato de todos os nomes citados por ela, todavia, era o nome de Adria Trapattoni o de maior destaque. Afinal, ela estava em Roma e poderia ser uma conexão mais rápida e de fácil acesso.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 20/2/2018, 13:44

    Rindo eu concordava com as primeiras palavras de Valentina, eu realmente não gostaria de ver Olympia nervosa ou alterada, ainda mais se fosse por minha culpa.

    – Não mesmo, eu tenho um certo apresso a minha vida.

    Os movimentos de Val eram observados com calma e interesse, mas suas palavras me pegavam de surpresa, um sorriso nascia em meu rosto, mas a resposta morria antes mesmo de ser feita, afinal minha linda princesa ia desempenhar seu papel.

    “Acho que estou apaixonado... Me sinto como uma criança!”

    Rindo comigo mesmo, eu terminava de mandar as mensagens, as respostas que logo chegavam me aliviavam em muito, porem as informações contida no e-mail recebido voltavam a me deixar tenso. Números, endereços e nomes dos quais eu nunca ouvira falar, mas que decidiriam o destino dos inocentes de nossa família.

    “Olympia sabe o que faz, ela mais do que eu.”

    Discando o número de Adria Trapattoni, era com calma que me levantava da cama para ir ter com Valentina, seria bom que nós dois estivéssemos juntos antes de ser atendido.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 22/2/2018, 16:19

    Levantando-se da cama para então seguir novamente por dentro daquela linda mansão de Olympia, você começava a reparar que grande parte das obras ali tinham a mesma assinatura e isso era de fato algo interessante, todavia, sua atenção era voltada para o caminho. Você ainda não havia se acostumado totalmente ao ambiente amplo e ao teto alto, entretanto, essa pequena confusão não era o suficiente para causar uma sensação completa de desorientação, assim, guiando-se por sua memória recente você regressava ao escritório principal e lá já era recebido pelo marcante som da impressora que fazia cópias dos documentos. Sobre a mesma, havia um notebook que era controlado por Valentina. A jovem notava quase que imediatamente a sua presença e sorria:

    -Ficou com saudades foi?

    Brincava a jovem que lhe mostrava a língua rapidamente e então fazia um sinal com a mão esquerda, convidando-o a se aproximar.

    -Então? Como estão as coisas com o Maffeo e Mariano? Estou realmente preocupada com eles e com todos os outros... Além disso, estava pensando na sua alimentação. Pensastes em trazer um rebanho para cá né?!

    Indagava a preocupada jovem que não conseguia conter as preocupações que tinha contigo ou com os outros, além disso, era a primeira vez que ela realmente demonstrava preocupação com o antigo namorado.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 22/2/2018, 18:50

    O espaço da casa de Olympia me encantava, ampla e muito bem decorada com lindas obras, obras que pareciam ser do mesmo artista, algo que interessante se a sensação de estar perdido não tirasse esse detalhe da minha mente.

    Encontrando o caminho até o escritório eu sorria ao ouvir a brincadeira de Valentina, aproximando-me para vê-la trabalhar era com calma que me sentava sobre a mesa e cruzava os braços para ouvi-la.

    "Os avisos já foram dados, espero que dê certo."

    Puxando de leve Valentina, eu a beijava sua testa com carinho para responde-la.

    - Eu avisei Maffeo, ele vai avisar os outros e Marianno, vamos torcer para que isso seja o suficiente. Não eu não pensei nisso ainda, mas acho que Olympia já pensou nisso, ela pediu a lista dos membros do meu rebanho.

    Apertando de leve meus braços em torno de Valentina de forma carinhosa.

    - Um dos aliados de Olympia está aqui em Roma, Adria Trapattoni, acho bom entrarmos em contato com ela e adiantar nossos planos. Aliás, pedi que Fiorenzo dormisse aqui por segurança.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 27/2/2018, 15:55

    De uma maneira bem divertida, Valentina escapulia dos seus braços após o beijo que recebia na testa, para provocá-lo ao fazer um sinal de negativo com o indicador enquanto dizia:

    -Eu te amo, mas tempos que ser rápidos... Outros dependem dessas informações! Foi o que um lindo rapaz me disse!

    Com um sorriso maroto na face, ela mostrava a língua na sua direção, se divertindo com a brincadeira que fazia e em seguida colocava as mãos na cintura para pensar um pouco no assunto.

    -Adria Trapattoni... Até onde eu sei, ela é prole de Schwarzmann, tem um sangue bem poderoso e é herdeira de Pistoia junto do irmão de abraço dela. Temos que entrar em contato com ela bem rápido, o que achas de convidá-la para um jantar?

    Questionava a jovem, que agora aguardava curiosa pela sua resposta, ainda sorridente por causa da brincadeira feita anteriormente.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 27/2/2018, 16:53

    A pequena iniciativa da jovem de sair de meus braços me fazia rir, suas palavras eram uma brincadeira gentil que arrancavam verdadeiros suspiros de meu peito, ainda mais quando ela mencionava minhas próprias palavras.

    – Humm, vou ficar de olho nesse rapaz hein!

    Comentava ao me sentar na mesa e cruzar os braços fingindo um certo ciúmes, ainda mais quando a jovem e animada Valentina mostrava sua língua.

    “Só ela para me fazer rir em uma situação dessas!”

    Vendo seus movimentos e ouvindo atentamente suas palavras com atenção, meus olhos se fechavam por alguns instantes, estudando nossas possibilidades com calma para enfim responder Val.

    – Você tem razão, um jantar seria ideal para que apresentássemos as provas. A senhorita Adria vai se interessar por seu convite, ainda mais se você mencionar o nome de sua mãe. Achas que Norberto teria como nos ajudar nisso?

    Perguntava tentando imaginar como lidar com o problema de alimentação, seriamos três patrícios com escolhas provavelmente bem diferentes de rebanho.

    "Não me importo de ficar sem me alimentar, mas deveria ter pensado nisso."
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 1/3/2018, 12:09

    Valentina não disfarçava a diversão que encontrava com as suas reações, rindo um pouquinho das mesmas, a jovem então concordava com a sua falava seguinte, para agora sair brevemente de perto para se mover até o telefone interno da casa, algo até bem prático para mansões daquelas proporções. Ali ela discava um ramal e olhava na sua direção enquanto esperava:

    -Certamente ele poderá nos ajudar! Só temos que ser bem inteligentes em como conduzir o jantar! Afinal, eu vou vestir algo bem bonito, se não vou ser ofuscada pela sua beleza natural e isso não é justo!

    Ela mostrava a lingua na sua direção outra vez e fazia uma careta divertida, mas levantava o dedo indicador logo em seguida, pois a ligação havia sido atendida.

    -Oi Norberto, tudo bem? Que bom! Querido, olha eu sei que não tenho direitos de lhe fazer pedidos, mas preciso que entendas que isto está relacionado a minha mãe e a algo bem grande tá? Desculpa por vir aqui e... Tá bem, tá bem, eu vou falar logo o que é! Vamos preparar um jantar para uma convidada especial, a senhorita Adria Trapattoni! Você faria a bondade de cuidar dos preparativos? Já disse que te amo né?! Até loguinho!

    Ela desligava então o interfone e corria na sua direção, para lhe abraçar com força e exibir um sorriso bem alegre.

    -Agora é só ligar pra Adria, vamos fazer a ligação juntos querido?
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 1/3/2018, 13:15

    Rindo de leve por ver a pequena alegria na face de Val, eu a observava com interesse, ela estava certa quanto ao fato de termos que guiar bem o jantar, lidaríamos com alguém muito mais velho e poderoso e qualquer erro seria custoso, mas sua brincadeira inusitada aliviava a tensão me fazendo descruzar os braços e relaxar.

    – Boba, eu vou ter que suar para ficar a sua altura! É maldade isso sabia?

    Perguntava de maneira brincalhona enquanto Val se movia até o telefone, observando a pequena conversa entre ela e Norberto, minha mente aproveitava o tempo para se organizar com calma, algo que nas noites que se passariam talvez fosse raro e precioso.

    “Olympia parece disposta a fazer com que os mais velhos paguem por seus pecados, muito sangue vai correr nas próximas noites, temos que cuidar para que não seja os dos inocentes e mortais, isso seria péssimo!”

    Recebendo a corrida de Valentina em um abraço apertado, eu sorria diante de sua pergunta para concordar com a mesma.

    – Claro, acho melhor vocês meninas conversarem, eu não saberia fazer o convite.

    Beijando a testa de Valentina, minha mão buscava o celular para discar o número e colocar a chamada no viva voz.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3840
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Danto em 6/3/2018, 19:28

    Val mostrava-lhe a língua em uma divertida provocação, era essa a resposta que ela dava a sua questão e já se colocava então a ligar. No momento em que a ligação de Norberto terminava, a mesma já estava a lhe abraçar e esperar que você realizasse a ligação, por sorte, no segundo toque já era possível ouvir uma resposta do outro lado da linha:

    -Boa noite, estava a esperar o teu contato. Ícaro correto?

    A voz de Adria vinha com uma suave etiqueta. Val esperava sua resposta para comentar após a mesma:

    -Boa noite senhorita Trappattoni, sou a prole de Olympia, Valentina. E perdoe-me por fazer um convite tão em cima da hora, mas o urgir das circunstâncias me fazem proceder desta forma. Por tanto, afim de sanar alguns problemas de nosso clã, convido-lhe a um jantar ainda esta noite para que possamos conversar em total segurança e sigilo.

    A resposta era então simples:

    -Claro querida, estarei me encaminhando ao local do jantar. Se puder fazer a delicadeza de me enviar as informações por mensagens, ficaria grata. Por hora, me despeço e lhes vejo em breve meus caros.

    A ligação terminava, Valentina olhava surpresa e brincava ao comentar:

    -Fácil né?! Minha mãe está realmente movendo todas as peças e isso me deixa aliviada sabe, essa sensação de não estar totalmente sem apoios a nossa causa.
    [Off: Ultima ação para o final do post]
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2287
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Jess em 6/3/2018, 21:15

    Suspirando diante da pequena provocação de Valentina, eu sorria ao ter meu corpo abraçado pela mesma, não havia nada melhor do que sentir seu toque e isso me acalmava, acalmava a besta que enxergava por meus olhos, algo que me relaxava sem medo.

    “Eu adoraria que Fiorenzo participasse do jantar, mas a reunião dele deve demorar e não podemos nos dar ao luxo de esperar.”

    Puxado de meus pensamentos pela voz do outro lado da linha, minhas sobrancelhas se elevavam em surpresa, pigarreando de leve eu enfim respondia da melhor maneira possível.

    – Boa noite senhorita Trappattoni, sim Icaro Ulfilia, espero sinceramente não estar lhe atrapalhando com essa ligação.

    Deixando que Valentina tomasse a frente, eu escutava a breve conversa com interesse, era claro que Olympia não havia perdido tempo e isso de alguma forma era assustador.

    “Ela não vai deixar pedra sobre pedra.”

    – Estaremos lhe enviando as informações o mais breve possível senhorita, até breve.

    Dizia ao nos despedir antes da ligação ser realmente encerrada, encarando Valentina não havia como esconder o suspiro de alivio, ainda mais diante de suas palavras.

    – Consigo entender o que você diz, mas convenhamos que isso só me deixa mais nervoso para conhece-la. Vai que ela não gosta do nerd que boia!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Primeiro Arco de Icaro: Ato V - Revelações

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: 19/4/2018, 06:31