WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Ato XX - Sombra e Luz

    Compartilhe
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 5/4/2018, 23:11


    Quarto de Pietra:
    Data: 06 de Outubro de 2005.
    Local: Bosque de Chapultepec I Secc, 11100 Cidade do México, Distrito Federal, México.

    Enfim o final da noite se aproximava, no entanto, seu corpo não sentia um cansaço ou qualquer forma de exaustão, na realidade, você ainda experimentava uma suave emoção alegre por ter em seu coração agora mais certezas positivas a cerca do legado de Monçada, assim como as memórias recentes com Melisande, uma figura que sempre lhe fora hostil e por fim, aproximava-se como nenhuma de vocês poderia imaginar.

    Caminhando de volta para seu quarto, você passava pelo lindíssimo e luxoso hall de ouro, assim como pela sala de estar e corredores sem encontrar ninguém. Algo que lhe era um pouco estranho, mas a sua besta, sorridente como uma criança que acabara de receber um doce, a esperava em frente a porta do quarto. Nas mãos dela havia uma pequena tigela de prata e dentro desta, fatias de abacaxi. A mesma sorria e apontava para dentro do quarto, indicando que o gigante estava a sua espera. E ao mesmo tempo, seus ouvidos captavam um som vindo do quarto de Lotte, era certamente um dos costumes de seus queridos filhos: verem filmes juntos!

    Assim sendo, você adentrava o quarto, afinal a pequena não a deixava sequer pensar no assunto! Já colocando um pedaço da exótica fruta amarelada na boca e indo puxar a sua mão direita. Dentro do quarto, a imagem de Alfonsus se apresentava com um violino em mãos. Além disso, no centro do quarto, existia um singelo banco de madeira com um estofado em tom alvo como o mármore.

    -Boa noite querida! Pensei cá com meus botões e porque não?!

    Sorria o homem, fazendo um gesto para lhe convidar a se aproximar. O mesmo primeiramente colocava o instrumento sobre a cama e a recebia com um beijo amoroso e um abraço carinhoso, para posteriormente respirar fundo e perguntar animado:

    -Agora que teu coração esta ainda mais feliz com o encontro com Lucita, queres aproveitar para fazermos nossa primeira aula?
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 6/4/2018, 00:15

    A noite começava a se aproximar de seu encerramento, mas nem por isso o sono se aproximava, eu sentia meu corpo animado e feliz, algo bem recorrente em minhas primeiras noites como cainita, quando ainda não tinha o total controle de meu corpo, porém desta vez eu não era uma jovem criança da noite, mas sim uma antiga anciã.

    Sem pressa eu retornava para o quarto, o silencio do final da noite me fazia sorrir, o hall dourado estava vazio, algo estranho, porém, a presença da pequena com uma bela e gigantesca tigela de abacaxi nas mãos não me dava muito tempo para ponderar. Acompanhando os incentivos da pequena eu sorria ao escutar o som vindo do quarto de minha rosa negra, era comum meus filhos se reunirem para assistir filmes no final da noite.

    “ O que será que Alfonsus está aprontando?!”

    Incentivada eu adentrava no quarto para observar aquela curiosa cena, o violino nas mãos de Alfonsus me fazia suspirar, afinal meu gigante era um exímio musicista. Sorrindo diante de suas pequenas palavras, eu me aproximava para abraça-lo e beija-lo com carinho.

    – Sabe, as vezes acho que meu coração irá romper de tanta alegria que sinto! Quero muito meu amor, sei que conseguiremos transpor essa barreira que me impede de tocar.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 6/4/2018, 09:18

    A pequena tratava de sentar-se sobre a cama, cruzando as pernas e apoiando as costas na cabeceira da mesma, esta então dedicava-se a comer sem muita pressa as grandes rodelas de abacaxi que tinha consigo. O doce sabor cítrico que ela aproveitava ecoava de maneira tênue para o seu paladar, algo que seu gigante não notava mas que você sentia de maneira indireta.

    -Ele nunca irá se romper querida, não enquanto tantas mãos estiverem juntas, dedicadas a cuidar do mesmo.

    Respondia Alfonsus com um sorriso de mais pura felicidade nos lábios, fazendo então um movimento positivo com a cabeça o gigante a conduzia com sutileza até o banco ali posicionado, indicando para você se sentar enquanto ele ia buscar o violino.

    -Hoje mais cedo, você ajudou Helena a compreender algo importante. Isso me vem fazendo pensar, talvez o seu pequeno bloqueio a respeito da música seja tão similar quanto o dela em relação a eletricidade, então... Porque não fazemos assim: Repita os mesmos passos que Helena o fez, mas tenha em mãos esse violino. Sinta o ressoar de uma nota, como a madeira se comporta e assim acho que podemos começar!

    Dizia o homem entregando-lhe o instrumento e esperando as suas reações com uma expressão que misturava curiosidade e alegria.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 6/4/2018, 10:51

    Em meio ao abraço com Alfonsus, o sabor cítrico da fruta doce comida pela pequena me enchia os lábios, algo que nossa ligação nos proporcionava, já que a pequena agora estava totalmente entregue a comer aquelas deliciosas fatias de abacaxi.

    – Eu sei que ele não vai se arrebentar, eu tenho muitas mãos para cuidar dele.

    Sorrindo para meu gigante, deixava que ele me guiasse até o pequeno assento, ali sentada minha atenção se voltava para suas palavras escutando-as com cuidado. Lembrando da forma a qual havia ajudado Helena, suprimir sentidos tão aguçados era de certa maneira um trabalho complexo, libera-los por outro lado deveria ser fácil.

    – Bom, vamos ver o que conseguimos não é?

    Comentava ao aceitar o violino entregue de Alfonsus, sorrindo de leve eu fechava meus olhos me concentrando, respirando devagar eu deixava que minhas mãos tocassem a madeira, ali o eco de cada toque era estudado com atenção, levando as mãos para as cordas meus olhos se abriam com cuidado, eu amava o som que cada instrumento reproduzia e conhecia bem as notas, mas ali eram minhas mãos e pela primeira vez elas estavam livres para brincar da forma que queriam.

    “É como pintar uma tela em som.”
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 6/4/2018, 20:28

    Era a primeira vez que você tentava compreender a música de uma maneira diferente, concentrando-se em sentir as notas e não necessariamente tocar ou construir algo, seu corpo junto com seus sentidos iam gradativamente reagindo de maneira positiva aos estímulos gerados por aquele instrumento de madeira que estava em suas mãos.

    -Feche os olhos Pita...

    Indicava Alfie com um voz gentil, mas ao mesmo tempo sugestiva, afinal ele estava a tentar lhe ensinar algo. E assim que seus olhos se fechavam o homem se aproximava ainda mais, para começar a ajustar o instrumento em suas mãos, colocando-o na postura correta e finalmente entregando para a sua mão livre a peça que faltava: o arco.

    -Permita-me participar das suas percepções.

    Pedia o gigante, que agora estava por trás de ti. Com toques firmes ele começava a ajeitar a postura das suas costas, ali você sentia seu corpo começar a vibrar em reação a presença masculina e acolhedora do mesmo. E como se ambos estivessem a dançar, a sua mente começava a ouvir a de Alfonsus, algo profundamente natural que lhe surpreendia. Ali era possível ouvir tudo, inclusive a uma harmonia simples e lindíssima que reverberava.

    -Não se preocupe com técnicas por enquanto, não se preocupe com o tempo, apenas permita-se ouvir e tente com o que você sempre conheceu, seguir a melodia.

    Indicava o gigante que falava agora através da conexão mental que havia entre vocês.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 6/4/2018, 21:43

    Sem pressa ou medo eu sorria diante das palavras de Alfonsus, meu mais antigo professor, amigo e amor apenas queria me ensinar novamente, e sabia bem como faze-lo. De olhos fechados não havia como negar o reverbar de meu corpo diante do toque do instrumento

    Os estímulos adentravam cuidadosamente meus músculos e corpo, meus sentidos se entrelaçavam ao toque apenas aumentando o sorriso que em meus lábios havia, diante do toque cuidadoso de Alfie meu corpo relaxava deixando que ele o ajudasse, afinal a postura era essencial para o tocar.

    – Não é como se eu não tivesse decorado algumas partituras.

    Respondia em meio a um riso suave a meu querido gigante, ainda sem o arco minhas mãos brincavam com as cordas aprendendo qual tonalidade cada nota tinha e como com elas eu podia pintar um quadro. O arco porem me dava segurança, afinal ele era o pincel que faria o grande trabalho assim como todo o detalhamento.

    – Só espero que o sombreado fique bonito.

    Sem medo eu seguia a harmonia que ecoava por nossas mentes, algo que meu coração já havia se acostumado a escutar e talvez fosse mais fácil reproduzir, por fim o arco tocava nas cordas em uma suave continuação da brincadeira que até então meus dedos faziam.

    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 6/4/2018, 23:56

    Era um pincel diferente que estava em suas mãos nesse momento, mais longo e menos habil na ponta do que você imaginava, no entanto a sua destreza fazia com que este se movesse por aquela tela inesperada, nova e desafiadora. Seus olhos fechados pareciam serem capazes de verem cada pequena partitura, cada símbolo musical, cada pausa e cada nota. Mas não eram seus olhos que executavam a música que era criada e de certa forma, cantada pela mente de Alfonsus, mas eram seus dedos... Você fazia música!

    "Por Deus, isso está mesmo ocorrendo"

    Era o que você sentia o gigante pensar, pois ele não tinha voz para expressar naquele momento. Até a sua besta parava de comer para lhe ver, impressionada a pequena parecia adentrar a um lindo fascínio que a fazia gemer feliz sobre a cama. Alfonsus por outro lado, tinha trabalho para segurar a vontade de despejar algumas lágrimas de alegria, pois você estava a tocar! E isso era real!

    Alguns instantes se passavam, a melodia havia chegado a seu fim e você sentia uma suava dor na ponta dos dedos, algo comum para quem não tinha total costume de executar músicas em instrumentos de corda. Seu pulso direito, o que segurou o arco, demonstrava para você uma alegria fora do comum! Assim como seus lábios e o seu coração, havia caído a sua maior dificuldade, a música agora fazia parte de ti, bastava realmente agora aprendê-la!

    -É como viver um sonho!

    Afirmava Alfonsus que sorria como você raramente o via sorrir, extremamente feliz você conseguia ver pelos pensamentos do homem que ele estava a resistir a vontade de se entregar ao fascínio, mas não se permitia para estar presente nessa sua descoberta.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 7/4/2018, 00:20

    Pintar havia ganhado uma nova forma, uma que ainda não dominava, mas o desafio me incentivava a continuar, ainda mais quando era pelas mãos de meu carinhoso gigante que recebia os ensinamentos corretos.

    Pintando as notas eu sentia meu coração bater, uma lagrima silenciosa escorria por meu rosto já que a felicidade se fazia completa, a musica que ecoava de meus dedos pelo violino alcançava meu coração sem medo, até mesmo o pensamento surpreso de meu gigante não me escapava, afinal nos amávamos e nossas mentes compartilhavam a mesma musica.

    Por fim quando as notas se encerravam meus olhos buscavam o de Alfonsus, ali eu o encontrava verdadeiramente feliz, afinal realizávamos um sonho em conjunto, um que o tempo havia deixado mais precioso.

    - Eu consigo Alfie! Eu consigo tocar!

    Meu sorriso apenas se escondia quando meu corpo se movia para abraça-lo, rindo feliz eu sentia a pequena em fascínio, já que o gosto do abacaxi se esvaia aos poucos, ali incapaz de parar de sorrir eu beijava os lábios de meu gigante compartilhando meu amor com o mesmo.
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 7/4/2018, 14:05

    Alfonsus a recebia com carinho nos braços, beijando-a apaixonado como sempre seria, o gigante a apertava com ternura para postergar o beijo até onde seus pulmões aguentava. E assim que este terminava o homem sorria tanto que parecia rir, de tão feliz que estava naquele momento:

    -Pietra Rita Rafaldini, você agora também poderá ser uma musicista!

    O homem então a pegava com os braços, tirando-a do chão e levando-a para a cama sem se preocupar com mais nada, para cair sobre a mesma contigo e começar a rir de tão feliz que estava. Ali a pequena começava a finalmente sair do fascínio, para começar a rir junto de Alfonsus e aplaudir a cena. Um beijo delicado então era dado na sua face.

    -Você consegue tocar querida! Agora sou eu que sinto que meu coração parece próximo de explodir de alegrias!

    Dizia o gigante que rolava para o lado, para ficar com as costas na cama enquanto se permitia sentir toda a enorme felicidade que sentia naquele momento. Afinal, se havia alguém nesse mundo que conhecia a sua dificuldade para com a musica, este alguém era ele.
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 7/4/2018, 17:35

    Apertando meus braços entorno do pescoço de Alfonsus, era com carinho que respondia aquele beijo apaixonado e sufocante, rindo apenas para puxar o ar de volta para meus pulmões, o sorriso lindo de meu gigante me invadia aumentando ainda mais meu riso.

    Surpresa com os movimentos de Alfie, era com agilidade que eu jogava o instrumento no banco que até então estivemos sentados, apenas para garantir que não o quebraríamos. Cair na cama me fez suspirar, já que isso ajudava a pequena a sair do fascínio, algo que me deixava mais feliz ainda.

    – Por deus! Mal posso esperar para pegar de supressa Eva! Ela vai amar tanto Alfie, tanto!

    Sentando-me na cama para me atirar de encontro ao peito de Alfonsus, eu o abraçava com força para dar inúmeros beijos em seus lábios e comentar mordendo seu nariz.

    – Nada disso! Se meu coração não pode, o seu muito menos! Afinal como ficaríamos sem nosso Gigante apaixonado?

    Sorrindo a pequena corria para deixar de lado as frutas e participar daquele abraço, claramente me mordendo na bochecha para ganhar um espaço nos braços de Alfonsus.

    “Eu posso tocar! Preciso mostrar isso pro Hans!”
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 3854
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 26

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Danto em 7/4/2018, 21:35

    -Nossa, é verdade! Eva vai ficar tão impressionada e apaixonada! Mas temos que tomar cuidado para ela não acabar ficando em transe né? Ou não também!

    Comentava o homem deitado que ria ao recebê-la nos braços, as risadas aumentavam ainda mais quando este tinha o nariz mordido e quase dobravam no momento em que a pequena também vinha para dentro daquele abraço tão carinhoso e divertido.

    -Pita! Tudo bem, prometo que meu coração não vai explodir! Mas eu estou tão feliz! Meu deus, só de imaginar a expressão que os olhos da Eva vão fazer quando verem você pegar no violino! Precisamos de mais aulas não é mesmo?!

    Questionava o homem, fazendo uma breve pausa para rir das mordidas que recebia da pequena, para beijar a face da mesma e em seguida beijar os seus lábios com carinho.

    -Mas antes disso, o que me diz de terminamos a noite exatamente como você me pediu? Debaixo das cobertas?!

    Havia uma malicia divertida na pergunta do gigante, o tom era tão claro que fazia a pequena ronronar e esconder a face de vergonha por ter adorado tanto a ideia.

    [Off: Ultima ação para o final do ato]
    avatar
    Jess

    Mensagens : 2302
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 26
    Localização : Neverwere

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Jess em 7/4/2018, 22:15

    Rindo com meu gigante era com delicadeza que eu o apertava sem medo, afinal estávamos a falar de nossa amada sereia e musa, tão intimamente ligada a musica que seria maravilhoso faze-la entrar em fascínio por isso.

    – Não seria um problema não! Yer faz ela entrar em transe só falando, eu quero isso também!

    Resmungava de maneira manhosa e sorridente, recebendo a mordida de minha pequena eu ria ao abrir espaço para a folgada, recebendo o beijo de Alfie era com carinho que minhas mão brincavam em seus cabelos.

    “Essa foi uma noite agitada, tantas coisas aconteceram!”

    As palavras de Alfie assim como seu convite faziam a pequena ronronar envergonhada, eu amava aquele olhar maroto e único de meu gigante, puxando-o para beijar seus lábios, minha mente lançava um convite de retorno a pequena, afinal era impossível negar o convite de Alfonsus.

    – Só se eu puder dormir em cima de você, é tão confortável!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Ato XX - Sombra e Luz

    Mensagem por Conteúdo patrocinado

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: 23/4/2018, 06:46