WoD by Night

Narrativa de Vampiro a Máscara: 20 anos


    Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Compartilhe
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 15/3/2016, 14:31

    30 de Agosto, 2005, 17:30




    Chovia. Não havia palavra melhor para descrever. Talvez caso almeja ser hiperbólico, era um dilúvio novamente. Uma corrente infinita de água vinha do céu amaldiçoando a terra. O céu do verão da Luisiana era para ainda estar misturado nos tons do crepúsculo. Mas apenas noite se era vista. A mais pesada das noites. Apenas a luz dos raios iluminavam o céu. E o mais incrível, as nuvens não recebiam as luzes da cidade. Não havia luz na cidade. Nem iluminação pública. Apenas a mais úmida e pavorosa escuridão.

    Você se vê saindo de seu trailer para abraçar as águas infinitas. Seus pés molhavam de leve quanto tocavam no chão. A água escorria como um rio para as partes mais baixas. Aquele acampamento era um pouco elevado ao nível do rio lateral. Mas não era a água e nem o frio que lhe incomodam. E sim o silêncio humano. Suas irmãs não estavam por perto. Pelo menos não que você pudesse ver. A chuva forte e a absoluta escuridão dificultava sua visão quase que como um todo. Mas finalmente uma voz foi ouvida. Era de sua companheira, membra do bando ao qual você estava começando a se integrar. Era Karla Sheper, uma mestiça. A voz dela parecia trêmula e com um alto nível de desespero.
    - Alguém?! Eles pegaram a Ruth! Ela está ferida!


    Última edição por King Narrador em 29/5/2016, 20:29, editado 1 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 15/3/2016, 14:54

    O peso da chuva fez com que o corpo da negra estremecesse, os olhos castanhos se voltaram para o céu em um misto de medo e respeito, a cada trovão que rasgava os céus mais desconfiança nascia nos olhos de Aibellee.

    " Irmão... Quem irritou tanto os céus?"

    Se perguntava a cainita antes de ouvir o grito, o reconhecimento transpareceu no rosto da negra fazendo com que seu corpo se movesse, ignorando a água pesada os olhos da besta tomaram a face de Aibellee.

    Procurando pela dona da voz a cainita repassava os acontecimentos de seus últimos dias, a chegada a Nova Orleans, as primeiras apresentações e conversas, até mesmo a breve introdução ao bando, sua nova família, mesmo que temporária.

    - Quem seria louco para enfrentar Ruth?

    Perguntava a cainita sem ter certeza do que realmente se passava.

    Off: Ativo Olhos da Besta, Metamorfose nível 1
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 15/3/2016, 15:27

    Sua visão ia gradualmente melhorando na medida que você se aproximava de Karla. Ela estava imunda. Para a jovem bela que sempre foi, aquela visão era alarmante. Lama e sangue se misturavam e escorriam com a chuva torrencial. O cabelo dela estava todo lambido e os olhos marcavam em vermelho sinais de lágrimas. Podia ver que tinha um corpo há cinco metros de distancia dela, estirado no chão. Era a própria Ductus, Ruth Mathew, com feridas profundas que atravessavam todo o tórax. Estava viva aparentemente. Logo com uma voz de puro desespero a sua irmã de clã começou à falar.

    - Foram os lobos! Os malditos lobos! Aparentemente o lugar deles ficou abaixo d'água e eles vieram pra cima da gente. Ruth tentou aguentar o máximo que pôde. Eu só consegui me esconder esperando uma oportunidade para salvá-la. Os outros estão mortos... Todos do bando... Só nossa sacerdotisa, Tayanita, que deve estar aqui em algum lugar. Temos que falar com nossa líder também. Toda a floresta se tornou perigosa demais. Temos de fugir para a cidade!


    Última edição por King Narrador em 15/3/2016, 19:13, editado 1 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 15/3/2016, 18:45

    A imagem antes altiva e bela de Karla agora se reduziam a lagrimas de sangue e a lama, um olhar assustado se apossa dos olhos vermelhos de Aibellee para depois abandona-los no mesmo instante em que a palavra Lobo era dita.

    Forçando a indígena a se levantar pelos braços os olhos de Aibellee vasculhavam a sua volta com rapidez, a chuva pesada poderia esconder muito bem em qualquer sombra a figura monstruosa de um lobo.

    - Vá procurar Tayanita! Precisamos sair daqui o mais rápido possível! Se não encontra-la procure um carro...

    Empurrando a companheira a cainita a forço a se movimentar, todo e qualquer minuto ali era precioso e igualmente perigoso. Correndo até o corpo de Ruth a mais nova tocou o corpo da Ductus com receio.

    - Irmã... Por favor resista!
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 15/3/2016, 20:38

    Karla conseguiu encontrar forças para se levantar. Concordou com a cabeça com sua ordem e saiu correndo para o meio da tempestade. Em menos de dez segundos já era impossível vê-la. Agora restava apenas você e sua Ductus dentro do seu raio de visão. A poça de sangue ao redor da mesma começava a correr com um rio espalhando o vitae da Gangrel para longe. A ferida ia do peito esquerdo até a virilha, pegando partes da coxa direita. Mas a mesma ainda se remexia lentamente. estava viva, apenas sem consciência. era difícil determinar se seria possível tirá-la dali com facilidade, ainda mais com tanta água caindo sobre a mesma.

    OFF - Faça um teste de Percepção + Medicina, dificuldade 6. Detalhes serão explicados em off.


    Última edição por King Narrador em 15/3/2016, 20:42, editado 1 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 15/3/2016, 20:42

    Percepção + Medicina = 4d10 dif. 6
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2166
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Danto em 15/3/2016, 20:42

    O membro 'Jess' realizou a seguinte ação: Rolagem de Dados


    'D10' : 3, 7, 2, 9
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 15/3/2016, 22:20

    A visão de Ruth quase aberta no chão fez com que os joelhos de Aibellee tremessem, engolindo em seco o medo a cainita retirou a jaqueta de couro de seu corpo usando-a para cobrir o corpo da irmã.

    De leve e com cuidado a cainita tentou trazer a consciência da companheira, sua vida se esvaia aos poucos e o risco de move-la era o mesmo de deixa-la no local.

    - RUTH ACORDA!

    Gritou a cainita antes de rasgar o pulso com suas presas e coloca-lo sobre os lábios da Ductus, forçando o sangue a descer pelos lábios desta Aibellee mais do que nunca olhava a sua volta com medo e preocupação.

    " Ela não pode morrer aqui!"
    Segurando o corpo de Ruth a cainita a levantou começando a andar na direção do trailer mais próximo.

    Teste Destreza + Medicina = 4d10 + 1 FV


    Última edição por Jess em 15/3/2016, 22:22, editado 1 vez(es)
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2166
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Danto em 15/3/2016, 22:20

    O membro 'Jess' realizou a seguinte ação: Rolagem de Dados


    'D10' : 5, 7, 10, 4
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 15/3/2016, 22:37

    Você começa a carregar o corpo de sua Ductus. Sangue escorria pelo seu corpo junto com a forte chuva. Sua paciência e suas mãos delicadas permitem movê-la sem ampliar os ferimentos de seu corpo. Era uma caminhada lenta. Todavia uma das mais necessárias de sua não vida. A chuva não mostrava trégua e foram trinta metros muito difíceis de se fazer até finalmente ver o trailer onde as líderes das Ahrimanes deveriam estar, junto de Tayanita provavelmente. Todavia foi a própria que você viu correndo em um semi círculo vindo para sua direção. Logo atrás dela vinha Karla. As duas estavam com as presas e garras de fora, olhos brilhando em amarelo com nuances vermelhas. A segunda parecia mais hesitante, mas a sacerdotisa logo gritou quando lhe viu.

    - Coloque ela no chão! Rápido! Tem um lobo batedor aqui! Precisamos abatê-lo antes que o desgraçado traga reforços!
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 16/3/2016, 10:26

    Todo o cuidado para manter o corpo de Ruth intacto era usado pela negra, a ferida imensa poderia a qualquer momento se abrir mais ainda e dar um fim a existência da líder do bando.

    A imagem de Tayanita fez com que um longo suspiro escapasse dos lábios de Aibellee, a cainita fez um leve aceno para esta atendendo suas ordens. Com cuidado a gata depositou a irmã no chão, tomando a posição de combate para protege-la.

    Forçando o sangue a correr por suas veias com mais força para suas mãos, as garras negras o longas ganhavam espaço escondendo os dedos da cainita, seus olhos amarelados e bestiais olhavam a sua volta com interesse.

    - Temos algum lugar na cidade? Longe das águas?

    Perguntava a cainita antes de colocar a presas para fora revelando um pouco da fome que sentia alem da preocupação.

    Off: Gasto 1 ponto de sangue para ativar Garras da Besta, Metamorfose nível 2.


    Última edição por Jess em 20/3/2016, 12:35, editado 1 vez(es)
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 16/3/2016, 12:10

    - Não sei! Agora a gente mata!

    Tayanita estava tensa demais. Você nunca a viu com esse temperamento antes. Ela sempre foi uma mulher calma e bastante pragmática. Todavia o sangue estava fervilhando no corpo dela. A mulher correu até o seu lado e ficou olhando os arredores bastante atenta. Karla também chegou ao seu lado, o rosto da mesma desenhava uma mistura de fúria com pânico. Cada uma olhava numa direção diferente tentando ver além da tempestade.

    A tensão deste instante demorou alguns segundo até Tayanita esticar seu braço numa direção. Sua mão inteira parecia ter se tornado um caule insectóide. Era meio que uma ilusão. Mas ao mesmo tempo não era. Era uma manipulação espiritual. Aparentava ser uma aranha que a mesma tinha incorporado em sua mão. Pois em questão de instantes a mesma atirou uma teia para o meio da escuridão. Era algo que você nunca tinha visto antes da manipulação dos espíritos. Parecia uma técnica muito pessoal e muito bem aprimorada.

    Logo vocês escutam um som forte de baque no chão. A sacerdotisa solta a sua teia com sua mão voltando ao normal e as garras ficando à mostra novamente. Um sorriso malicioso tomou a face dela naquele instante.

    - Venha! Estamos aqui!

    Gritou a mesma na direção escura onde a chuva atrapalhava sua visão. Só que não tardou muito para a penumbra causar um contorno em uma grande forma de uma criatura se levantando. A mesma parecia que estava vindo na direção de vocês. Era enorme. Não durou muito tempo até você poder ver a criatura completamente. A mesma com seus caninos enormes e pelos negros molhados junto de um olhos de pura fúria, corria pronta para atacar.

    Lobo:



    Última edição por King Narrador em 20/3/2016, 12:33, editado 2 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 16/3/2016, 12:31

    Os olhos acostumados ao mundo espiritual da cainita, demonstraram surpresa ao ver que Tayana controlava o espirito da aranha, guardando as perguntas para si Aibelle olhou na direção da teia.

    A figura gigantesca do lobo a fez tremer, a fera que começava a avançar era o reflexo dos piores temores de um cainita, era a morte encarnada em uma maquina de fúria e garras.

    Dando um passo para o lado Aibellee deu espaço para que Karla e Tayana pudessem se mover, as gatas defenderiam sua irmã com força e garras.

    " Não nos subestime sarnento!"

    Fazendo com que o sangue corresse por suas pernas e braços Aibellee se preparava para atacar assim que a fera entrasse em seu alcance.

    Off: Gasto 1 ponto de sangue pra inflar destreza
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 17/3/2016, 16:26

    Ações:

    Tayana: 4 Sucessos Disciplina
    Garou vs Tayana: 2 vs 2 => Dano: 3 vs 1 => 2 Agravado
    Você vs Garou: X vs 2 => Dano: X vs 2 => X-2 Letal
    Garou vs Você: 3 vs X => Dano: 3 Agravado
    Karla vs Garou: 7 vs 7 => Dano: 4 vs 1 => 3 Letal
    Garou vs Karla: 3 vs 2 => Dano: 4 Agravado
    Tayana vs Garou: 4 vs 2 => Dano: 5 vs 2 => 3 Letal
    Garou vs Tayana: 3 vs 4 => Esquiva


    OFF - Realizar:
    Destreza + Briga
    Força + 1
    Destreza + Esportes
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 17/3/2016, 18:03

    Destreza + Briga = 7d10 + 1FV
    força = 3d10
    Destreza + Esportes = 5d10
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2166
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Danto em 17/3/2016, 18:03

    O membro 'Jess' realizou a seguinte ação: Rolagem de Dados


    #1 'D10' : 7, 5, 9, 2, 7, 4, 9

    --------------------------------

    #2 'D10' : 4, 5, 2

    --------------------------------

    #3 'D10' : 3, 6, 4, 1, 3
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 18/3/2016, 09:25

    Garou: 2 Sucessos => Falha em Entrar na Umbra
    Tayana vs Garou: 4 vs 2 => Dano: 3 vs 0 => 3 Letal


    O combate durou questão de vinte segundos. Foi uma maestria de demonstração de poder de ambos os lados. Todavia mesmo ocorrendo em um período tão curto de tempo as ações decorrente dentro do mesmo foram muito marcantes. O primeira ação veio de Tayanita que focou todo o seu poder em cima da corneta que o lobisomem carregava. A mesma pareceu ressonar com o poder da anciã e ficou em um tom acinzentado. O seu portador notou a ação e entrou em profundo frenesis.

    Assim o mesmo fez um ataque com violência na sacerdotisa. Ao qual usou seu antebraço para se proteger. Levando um corte forte, mas não o suficiente para derrubá-la. Assim você parte para um ataque frontal na criatura, afinal suas duas companheiras estavam protegendo seus flancos. Suas garras penetram na pelagem profunda do braço da besta que usa todo os seus músculos para impedir que suas unhas penetrem e cortem sua carne. A criatura revidou em seguida enfiando as garras pelo seu torax fazendo uma dor equivalente à uma queimadura.

    Todavia a posição defensiva da criatura abriu a guarda da mesma para Karla penetrar suas garras na lateral direita de seu tórax. Foi um corte profundo ao qual fez a mesma urrar de dor para revidar na sua atacante. Nesta suas garras desceram do peito até o meio da barriga abrindo um ferimento maior que em você. Entretanto a besta estava enfrentando três Ahrimanes ao mesmo tempo e essa atitude abriu mais uma vez o flanco da criatura, dessa vez para um ataque de Tayana. O corte foi profundo e o lobisomem cuspiu um pouco de sangue.

    Vendo que sua situação estava virando contra o seu favor a besta se mostrou recuperar o controle de suas ações saindo do curto frenesis para tentar pular para dentro do mundo dos espíritos. O corpo do mesmo começou rapidamente à se ofuscar, mas a sacerdotisa não estava disposta à permitir que o mesmo recuasse para voltar mais forte. Assim com um última ataque a mesma conseguiu abrir a garganta da criatura que finalmente caiu no chão tremendo. Lentamente a mesma parou de se mover. Seu corpo foi gradualmente diminuindo até revelar um lobo de pele negra morto no chão.

    - Lupino imundo... Vamos recuperar um pouco nossas forçar e partir, nossas mentoras estão nos esperando.

    Antes de terminar sua própria frase a mesma já se agachava para pegar a corneta caída no chão. Um sorriso malicioso corria pelo rosto da mesma. Karla por sua vez se aproximava do Lobo com suas presas expostas.

    OFF - Realizar: Fortitude


    Última edição por King Narrador em 20/3/2016, 12:35, editado 5 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 18/3/2016, 16:29

    A dor invadiu a mente e o corpo de Aibellee, o grande lobo conseguiu facilmente defender seu ataque e suas garras apenas arranharam o pelo da criatura.

    Em contrapartida a força da besta demonstrou ser bem maior do que a do corpo da cainita, era como se o fogo sangrasse seu caminho pelas feridas recém abertas de Aibellee, mesmo assim a cainita se forçou a ficar a frente do corpo da Ductus.

    As presas de Aibellee saltaram dos lábios da jovem quando o lobo se recuperou de sua loucura, as garras de Karla vingaram as feridas da negra, mas foi Tayanita que demonstrou ao lobo que não se brinca com as gatas.

    Firmando o corpo quando o lobo encontrou a morte, Aibellee segurou os instintos para não pular o mais rápido possível em cima do corpo do lupino. Ouvindo as palavras de Tayanita, assim com sua permissão a cainita fez com que as garras desaparecessem.

    Deixando que Karla desse a primeira mordida, Aibellee retirou a adaga de sua vida humana enfiando-a com maestria na barriga do lobo. Do corte recém aberto esta retirou o figado do animal, mastigando-o ruidosamente e com voracidade.

    " Nunca mais quero ter de enfrentar um lobo..."

    Foi instintivo Aibellee oferecer o coração da criatura para Tayana:

    - Alimente-se irmã... Precisamos de sua força e orientação...

    Fortitude 1d10
    Instintos 3d10


    Última edição por Jess em 20/3/2016, 12:37, editado 1 vez(es)
    avatar
    Danto
    Admin

    Mensagens : 2166
    Data de inscrição : 04/06/2012
    Idade : 25

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Danto em 18/3/2016, 16:29

    O membro 'Jess' realizou a seguinte ação: Rolagem de Dados


    #1 'D10' : 7

    --------------------------------

    #2 'D10' : 7, 10, 8
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 19/3/2016, 18:49

    O gosto era bastante intenso. Nunca antes você havia saboreado um fígado com um gosto tão forte. Chegava à dar uma leve vertigem enquanto sentia o mesmo reabastecendo suas artérias. Seu corpo rapidamente reagia para com o sangue novo. A dor em seu tórax reduziu bastante na medida que sua seu corpo absorvia toda aquela fonte de vitae. Karla parecia mais estressada ao beber daquele sangue, estava com os ânimos à flor da pele, todavia conseguiu se manter sã. Tayanita hesitou a princípio o coração que lhe foi oferecido, mas logo se lembrou de como você praticava sua alimentação. Assim a mesma cravou suas garras no coração ainda pulsante até o mesmo murchar.

    Não deve ter passado mais de cinco minutos para vocês três se sentirem satisfeitas. As feridas ainda abertas, mas de longe tão drásticas como antes. Assim a sacerdotisa voltou a olhar para você e Karla. O rosto dela estava mais tranquilo, mas bastante severo ainda. Afinal a chuva não mostrava trégua.

    - Este lugar não é mais seguro. Karla, pega a Ruth, vamos até nossas senhoras. Precisamos nos preparar para partir desse lugar entes que mais cheguem.

    A Ahrimane fez o que lhe foi ordenado. Com bastante suavidade ela pegou a Ductus no ombro. Assim, atravessando a tempestade, vocês três abriram marcha para o trailer onde Ahyoka permanecia em torpor e Olayinka, a Bispo, costumava dormir. A sacerdotisa ia na frente com um ar de preocupada.

    - Malditos... Mais de trinta anos sem nos incomodar e agora isso? São uns oportunistas...


    Última edição por King Narrador em 22/3/2016, 09:58, editado 2 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 19/3/2016, 19:00

    A mais nova compreendeu perfeitamente a loucura instintiva que o vitae e a carne de um lupino podiam causar, mantendo o controle de sua besta Aibellee cantava mentalmente para que esta se acalmasse.

    Vendo que Tayanita estranhou o ato Aibellee teria abaixado o coração da criatura se esta não tivesse cravado suas presas, muitas irmãs olharam surpresas para a mais nova em sua primeira alimentação, coisa que ha muito tempo ja não fazia a diferença para a negra.

    Seguindo ao lado de Karla e Ruth a mais nova ajudava no transporte da mais ferida delas, ouvindo atentamente as palavras de Tayanita esta perguntou no tom mais respeitoso possível.

    - Acreditas que a chuva vai continuar?

    A pergunta tinha uma clara ideia de indicar o perigo que aquela tempestade torrencial criava, sem território seria de suprema importância encontrar um local seguro e rápido.
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 20/3/2016, 13:16

    - Acredito que sim. Minha senhora disse que essa chuva irá durar semanas... Mas o perigo não é essa água toda e sim a magia que negra que ela carrega. Afinal preste atenção, ainda é sete horas da noite, o crepúsculo no verão é apenas as dez.

    Tayanita estava agora claramente mais clama. O ar analítico dela havia voltado. Toda a raiva e ansiedade havia passado na medida que vocês se aproximavam do trailer que ficavam as líderes da linhagem da Luisiana. Você nunca havia pisado ali dentro. Sequer conhecido Ahyoka, afinal a mesma estava em torpor, e visto Olayinka apenas duas vezes sem ao menos conversar as sós com a Bispo. Assim a sacerdotisa botou a mão na porta do abrigo a abrindo e as convidando para entrar.

    - Entrem irmãs.

    O cômodo era pequeno e todo decorado de peles e ornamentos indígenas, junto de muitos elementos da cultura africana também. Havia máscaras, tapetes, estátuas, ossos, potes de cerâmica e inúmeras outras decorações ao qual fugia do seu conhecimento que magias obscuras poderiam adormecer naqueles objetos. Todavia o que lhe chamou a atenção foi as duas senhoras das Ahrimanes. Afinal o caixão fechado no chão deixava claro que Olayinka estava adormecida. Mas foi a líder mór da Luisiana que lhe deixou perplexa. Afinal era difícil dizer se a mesma estava ou não em torpor. A pele dela estava ressecada como um cadáver e ela permanecia imóvel sentada em um canto da sala. E quando a voz dela alcançou sua mente, a sua espinha gelou e sua besta interior se calou.

    Ahyoka:


    "- Seja bem vindas minhas filhas. Tayanita, vejo que conseguiram derrubar a fera. Mais chegarão aqui em menos de uma hora, devemos partir."

    Era estranho ouvir aquela voz em sua mente. Da mesma forma que era incomum ouvir um sotaque indígena tão pesado e massivo. Era como se a mesma estivesse falando em uma língua antiga e você estivesse apenas conseguindo traduzir as palavras em sua mente. O corpo dela não se movia, sequer olhava para vocês. Mas de alguma forma você se sentia observada. Então Tayanita se dirigiu para o cadáver e começou a falar.

    - Sim minha senhora. A besta tentou chamar reforços, mas conseguimos impedir. Agora devemos ir para as canoas e chegarmos na cidade. Estaremos mais seguras lá. Mas...

    "- Eu sei o que vai perguntar, minha filha. Olayinka entrou em torpor. Esta magia sobre nós afetou todos aqueles que o sangue é antigo. Apenas poucos dos anciões devem ter conseguir lutar contra a maldição. Levaremos ela também... Mas quem é essa ferida? Seria Ruth Mathew?"


    - É ela sim! Eu a trouce para cá quando nosso grupo foi atacado do outro lado da floresta. Felizmente eu consegui me esconder para que não me vissem.

    Quem havia terminado de responder Ayoka fora Karla, a que trouxera Ruth ferida até você há alguns minutos atrás. Todavia a voz em sua mente agora veio com mais intensidade.

    "- Covarde! Como ousas se esconder antes mesmo de lutar?! É nobre trazer os feridos para poderem lutar mais uma vez, mas sua covardia não será perdoada. Só que não agora, em breve. Temos mais um preparativo antes de partirmos, Tayanita, minha amável filha, acorde a Senhora Ruth."

    Sem pestanejar a sacerdotisa cravou suas garras em seu próprio braço para alimentar a Ductus de seu bando. Aquele potente sangue foi mais que o suficiente para abrir os olhos da negra. A mesma acordou em estado de susto e logo começou se contorcer graças à dor que sentia. Foi Karla que tentou acalma-la. A mesma parecia estar sentindo uma dor alucinante, afinal a ferida da garra parecia um corte de fogo e abrira quase que metade do corpo.

    "- Acalme-se querida Ruth. As Ahrimanes cuidarão de você. Na verdade estamos observando você tem muito tempo. Suas feridas são graves, mas podemos lhe curar e lhe oferecer abrigo. Aceite o sangue de Tayanita como o de sua mentora e sinta sua maldição transcender para um novo nível."

    Tayanita olho novamente para sua senhora e concordou com os olhos. Assim colocou suas presas para fora mais uma vez e se aproximou da Ductus. Todavia a mesma estava com um olhar perplexo para o cadáver e quando viu a aproximação da sacerdotisa cuspiu sangue em seu rosto.

    - Suas coisas grotescas! Não vou estragar meu sangue misturando com o de vocês. Sempre as respeitei, mas em distância, não quero essa porcaria de maldição de vocês dentro de mim. Já recusei a Bispo uma vez e recusarei quantas vezes sejam necessárias. Só preciso de um pouco de descanso e já poderei matar aqueles cachorros de novo. Nego a oferta degradante de vocês.

    "- Tsc, tsc tsc... Eu tinha tantas esperanças em você... Mas se esse é seu pensamento, você não está preparada para ser uma de nós. Só que não iremos te ajudar e muito menos desperdiçar sua alma. Se não a teremos como uma irmã nossa, um de minhas filhas terá você dentro de si."


    Os olhos da Ductus transbordaram de medo e a mesma começou a se debater. Sua ferida abria um pouco no processo, o que fez Tayanita se ajoelhar e segurar o corpo dela com força e mantê-la firme. Karla em contra-partida que também estava ajoelhada, mas não sabia como agir.

    - Não! Suas piranhas! Suas gatas nojentas! Tirem suas mãos de mim! A Arcebispo jamais permitiria isso comigo. Não se aproximem!

    "- Cale-se! Agora... Por ordem de hierarquia seria Karla que eu depositaria a honra de beber de sua alma. Só que como a mesma se provou ser uma covarde... Aibellee, você é nova na cidade, mas sei que suas capacidades tem muito futuro. Você aceitaria a honra, minha filha?"


    Última edição por King Narrador em 22/3/2016, 09:59, editado 1 vez(es)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 20/3/2016, 16:18

    Ouvindo as palavras de Tayanita a cainita olhou para o céu, a chuva pesada e a hora indicada pela mais velha davam um peso maior ao que estava acontecendo.

    " Quem teria poder para fazer tal coisa?"

    Se perguntava a mais nova enquanto continuava a levar o corpo de Ruth ao lado de Karla, deixando que a irmã adentrasse primeiro Aibellee lançou um ultimo olhar para a chuva.

    Nada poderia preparar a jovem para a visão de dentro do trailler das lideres Ahrimanes, nem mesmo as palavras de Viola seriam capazes de se igualar a realidade exposta ali.

    Tanto conhecimento guardado nos artefatos e desenhos espalhados, fez com que Aibellee respirasse pesado, a cainita se colocou ao lado da porta de entrada quando seus olhos se depararam com o caixão fechado de Olayinka.

    A voz forte e espectral de Ahyoka fez a besta de Aibellee se deitar encolhendo-se, estremecendo com aquilo a cainita sentiu estar sendo observada e a cada instante aquilo se tornava mais forte.

    Assistindo a cena em silencio a cainita mais nova esperava sua vez de falar, seus olhos ainda amarelados observavam os modos das outras irmãs.

    " Malditos lobos por nos fazerem abandonar tanto conhecimento... Que seus ossos apodreçam!"

    Aibellee se encolheu quando as palavras de Ahyoka deixaram claro que desaprovavam os atos de Karla, a cainita entendia o medo da irmã e teria ela mesmo se entregado a ele sem o apoio da figura de Tayanita.

    " Karla tem uma besta frágil, ela terá que aprender a fortalece-la..."

    Dando um passo para trás quando Tayanita acordou Ruth, o contorcer de dor da Ductus fez com que Aibellee abaixasse a vista por respeito, mas a recusa de Ruth e as palavras amargas desta a fizeram levantar a cabeça e encarar a cena sem ressentimento. A própria negra havia se transformado em uma gata sem ao menos pestanejar...

    Indo ajudar Karla a segurar Ruth as ordens de Ahyoka fizeram com que o movimento de Aibellee cessasse, a cainita entendia muito bem a importância daquela oferta. Quebrando a linha de hierarquia a jovem nunca receberia tal honraria se não tivesse demonstrado valentia durante a batalha.

    Olhando de relance para Karla e Tayanita, Aibellee se aproximou de Ruth respondendo de forma educada e respeitosa:

    - Se assim desejas senhora... Sera uma honra carregar o espirito de Ruth!

    Tocando de leve no ombro de Karla a cainita fez sinal de que seguraria Ruth, dispensando-a caso esta quisesse, revelando suas presas Aibellee esperou a resposta da mais velha antes de cravar suas presas no pescoço da Ductus caída.

    Off: Gasto 1 ponto de sangue pra inflar força
    avatar
    King Narrador

    Mensagens : 553
    Data de inscrição : 19/02/2016

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por King Narrador em 22/3/2016, 14:30

    - "Fortifique-se sua alma querida. Vá!"

    A ordem foi dada e você se preparou. Os olhos de Ruth se arregalam quando suas presas se aproximam do pescoço dela. A mesma solta um grito oco de puro terror. Todavia o som logo morre quando suas presas adentram o pescoço da mesma. Esta tenta reagir, mas sua força era pequena demais agora para tentar lhe impedir. Assim o sangue dela foi entrando em seu corpo. Era uma sensação estranha absorver um sangue de forma líquida. Se seu corpo demonstrava que não se sentia bem com aquela atitude. Todavia o vitae foi mais que o suficiente para restabelecer toda a sua força.

    Assim, depois de um ou dois minutos suas presas pararam de absorver sangue. Ruth estava vazia. Mas o ritual não acabara. Concentrando suas presas com mais força você continouo à sugar a energia da mesma, como se ainda tivesse mais sangue para ser absorvido. O que você sentia agora era a besta de Ruth, estava em prantos e lutava para resistir. Tentava ser forte. Tentava sobreviver à todo o custo. Você podia ver a besta em seus olhos, com seus olhos negros, uma sombra absoluta lhe observando, como se ela quisesse lhe dobrar. Mas sua força imperava sobre o corpo da mesma.

    OFF - Realizar Testes
    Teste de Força, Dif 9
    Teste de Instinto, Dif 7 (1 sucesso para não entrar em Frenesis, 3 para não desmaiar)
    avatar
    Jess

    Mensagens : 1166
    Data de inscrição : 12/01/2016
    Idade : 25
    Localização : Neverwere

    Re: Aibellee Lenoxx - Ato I: War and Rain

    Mensagem por Jess em 22/3/2016, 14:33

    Teste de Força, Dif 9 = 3d10
    Teste de Instinto, Dif 7 = 3d10

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: 24/6/2017, 17:51